Imagem: Montagem com Dandadan e Look Back.

15º Manga Taisho: Revelados os 10 indicados ao prêmio de 2022

‘Dandadan’, mangá do autor de ‘Chainsaw Man’ e outras séries recém-publicadas compõem a lista.

Nesta semana, foram revelados os indicados para da 15ª edição do Mangá Taisho, uma das principais premiações para mangás.

Organizada por um conjunto de livrarias do Japão, a honraria é entregue a uma “revelação do ano” e qualquer título publicado no período de vigência do prêmio é elegível — desde que tenha no máximo 8 volumes publicados. O período de vigência diz respeito aos 12 meses subsequentes a entrega do prêmio anterior, ou seja, os indicados da 15ª edição (2022) são mangás que tiveram volumes publicados em 2021.

O limite de volumes é o que garante a entrega do prêmio para trabalhos relativamente novos, ajudando a impulsionar sua popularidade.

A lista desse ano conta com séries que já haviam sido indicadas no ano passado, quando o prêmio foi vencido por Sousou no Frieren, de Kanehito Yamada e Tsukasa Abe.

Confira quais foram os 10 nomeados:

Oshi no Ko (também indicado na edição passada)

Autoria: Aka Akasaka e Mengo Yokoyari
Demografia: Seinen
Revista: Weekly Young Jump (Shueisha)
Status: 2 volumes | Em andamento


Imagem: Capa japonesa do volume 1 de Onna no Sono no Hoshi.Onna no Sono no Hoshi (também indicado na edição passada)

Autoria: Yama Wayama
Demografia: Josei
Revista: Feel Young (Shodensha)
Status: 2 volumes | Em andamento


Look Back

Autoria: Tatsuki Fujimoto
Demografia: Shounen
Revista: Shonen Jump + (Shueisha)
Status: 1 volume | Concluído


Imagem: Capa japonesa do volume 1 de Chi.Chi – Chikyuu no Undou ni Tsuite (também indicado na edição passada)

Autoria: Uoto
Demografia: Seinen
Revista: Big Comic Spirits (Shogakukan)
Status: 6 volumes | Em andamento


Hirayasumi

Autoria: Keigo Shinzou
Demografia: Seinen
Revista: Big Comic Spirits (Shogakukan)
Status: 2 volumes | Em andamento


Dandadan

Autoria: Yukinobu Tatsu
Demografia: Shounen
Revista: Shonen Jump + (Shueisha)
Status: 3 volumes | Em andamento


Darwin Jihen

Autoria: Shun Umezawa
Demografia: Seinen
Revista: Afternoon (Kodansha)
Status: 3 volumes | Em andamento


Umi ga Hashiru Endroll

Autoria: John Tarachine
Demografia: Shoujo
Revista: Mystery Bonita (Akita Shoten)
Status: 1 volume | Em andamento


Jitenshaya-san no Takahashi-kun

Autoria: Arare Matsumushi
Demografia: Josei
Revista: Torch (Leed)
Status: 4 volumes | Em andamento


Trillion Game

Autoria: Riichiro Inagaki e Ryoichi Ikegami
Demografia: Seinen
Revista: Big Comic Superior (Shogakukan)
Status: 3 volumes | Em andamento


A cerimônia de premiação do Mangá Taisho ocorrerá no mês de março, após uma nova votação que ranqueará os 10 indicados. Neste ano, o comitê foi composto por 99 eleitores (funcionário das livrarias organizadoras) e 235 séries foram mencionadas na primeira votação — das quais restaram apenas as dez nomeadas.

Quanto aos títulos selecionados dessa vez, pode-se dizer que há uma maior diversidade em relação à lista do ano passado, quando foram nomeados 5 mangás de demografia shounen, 4 seinens e 1 josei.

Neste ano, seinen é quem predomina, com 5 séries nomeadas, enquanto o shounen possui apenas 2 representantes. O josei ganhou mais um em relação ao ano anterior, ficando com 2 títulos, e o shoujo conseguiu figurar a lista com 1 aparição.

Assim como costuma ocorrer, alguns mangás foram nomeados pela segunda vez consecutiva: casos de Oshi no Ko, de Aka Akasaka e Mengo Yokoyari (talvez o grande favorito da vez), Chi – Chikyuu no Undou ni Tsuite, de Uoto, e Onna no Sona no Hoshi, de Yama Wayama.

Vale destacar ainda a aparição de Trillion Game, novo trabalho de Riichirou Inagaki (Dr. Stone).


Fonte: ANN.


Quem já venceu o Manga Taisho Awards?

Divulgação: Panini.

O primeiro vencedor do Manga Taisho Awards foi Gaku: Minna no Yama, seinen de Shinichi Ishizuka, em 2008. No ano seguinte foi a vez de Chihayafuru ficar com o título.

De lá para cá, a premiação consagrou diversas séries que se tornariam grandes sucessos de público: Thermae Romae (2010), Sangatsu no Lion (2011), Silver Spoon (2012), Golden Kamuy (2016), Beastars (2018) são alguns exemplos.

No total, apenas 5 dos 13 vencedores do Taisho foram publicados no BrasilThermae Romae (JBC), Silver Spoon (JBC, a ser lançado esse ano), Golden Kamuy (Panini), Beastars (Panini) e Astra: Lost in Space (Devir).

Será que esse número aumenta nos próximos anos?

Publicidade
close