Imagem: Tanjiro e Nezuko em capa do databook.

‘Demon Slayer: Fanbook’ é anunciado pela Panini

Databook recheado de informações da série está previsto para chegar em abril.

A editora Panini anunciou hoje (02) em uma live que lançará no Brasil Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba: Fanbook. A previsão é que o livro chegue em abril. Apesar do nome, o livro é um databook.

A edição que vem, por enquanto, é o “primeiro volume” – dois fanbooks foram lançados no Japão. A edição nacional custará R$39,90 e virá em papel offwhite, com 216 páginas.

Imagem: Prévia do fanbook japonês.
Divulgação: Shueisha.

O livro foi lançado no Japão em 4 de julho de 2019, enquanto o animê estava no ar pela primeira vez, trazendo informações detalhadas sobre os personagens, sobre a era Taisho (1912-1925), ilustrações especiais, capítulos de Kimetsu Gakuen e os rascunhos de 3 capítulos do protótipo da série, Kisetsu no Ryuu/Onigoro no Ryuu (romanização incerta, 鬼殺の流).

Recentemente, a editora anunciou o gaiden de Kimetsu e um databook de Jujutsu Kaisen, o primeiro chega em fevereiro e o segundo em março.


Fonte: Panini


O JBox participa de parceria comercial com a Amazon, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.


Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba

A trama de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba se passa no Japão do período Taisho e apresenta a história de Tanjiro Kamado, um garoto de bom coração que vendia carvão para sobreviver, até o dia que seus pais foram cruelmente assassinados por um demônio, que também amaldiçoou sua irmã mais nova, transformando-a num demônio.

Embora devastado com tudo que lhe aconteceu, Tanjiro decide tornar-se um “matador de demônios,” procurando aquele que massacrou sua família, enquanto também tenta encontrar um meio para que sua irmã volte a ser humana novamente.

O mangá de autoria de Koyoharu Gotoge, agora prestigiada até pela revista Time, foi publicado na Shonen Jump entre 2016 e 2020, com 23 volumes encadernados no total. A Panini publica a obra no Brasil. A série foi um fenômeno de vendas em 2019 e já possui mais de 150 milhões de cópias em circulação.

A versão em animê tem produção do estúdio Ufotable, e é exibida oficialmente no Brasil, até agora, via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português, e pela Funimation e Netflix com opção dublada. O filme continuando a série estreou em 16 de outubro no Japão, batendo inúmeros recordes, e deve chegar por aqui em breve.

A segunda temporada está em exibição desde o começo de dezembro.

Publicidade
close