Imagem: Príncipe saudita e o personagem Sheik de Zelda.

Príncipe da Arábia Saudita compra 5% da Nintendo

Fundo de Investimento controlado pelo príncipe regente Mohammed bin Salman é o 5º maior acionista da empresa.

A Arábia Saudita adquiriu 5% das ações da Nintendo por meio de um Fundo Público de Investimento (FPI), por “motivos de investimentos”, segundo alegado – a FPI agora é a 5ª maior acionista da empresa. A Nintendo aparentemente ficou sabendo por meio de notícias de jornais, e não quis comentar sobre acionistas individuais.

No começo do ano, o mesmo fundo comprou mais de 5% da Capcom e da Nexon, em um valor de mais de 1 bilhão de dólares (4,9 bilhões de reais). Por meio de uma Fundação do príncipe regente, o país também comprou praticamente 100% da SNK. Em 2021, o FPI ainda investiu nas empresas Activision Blizzard, Electronic Arts, e Take-Two Interactive.

O Fundo tecnicamente é do governo, sendo atualmente gerido pelo atual líder desde 2015, o príncipe regente Mohammed bin Salman. A compra deve gerar controvérsias dado o histórico da Arábia Saudita em desrespeitar os direitos humanos.

Em 2019, por exemplo, o país executou publicamente 37 civis acusados de terrorismo, com confissões um pouco definidas como “estranhas” por alguns veículos jornalísticos. O príncipe também é suspeito de ter ordenado o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, crítico ao governo – ele nega as acusações.


Fonte: Gamesindustry.biz

Publicidade
close