Imagem:A ilustração do anjo/demonio de Mudanaç de Opiniao.

Yu-Gi-Oh!: Carta clássica é desbanida do TCG depois de 17 anos

A Konami teve uma “Mudança de Opinião”.

A Konami desbaniu, com ressalvas, a carta Mudança de Opinião (Change of Heart) do jogo de TCG de Yu-Gi-Oh!. Ela surgiu em 2004, aparecendo primeiro na 2ª temporada do animê Duel Monsters, e agora tem seu uso limitado – os jogadores podem incluir uma única carta no deck.

O card, cujo efeito é controlar um monstro do inimigo até a Fase Final, foi banido em abril de 2005. Ao contrário de outras cartas com efeito parecido, como Controle Cerebral ou Controle Mental, a Mudança de Opinião não tem qualquer restrição, sendo agora a “válida” mais forte para controlar um monstro do adversário.

Imagem: Card Mudança de Opinião.
Divulgação: Konami.

Na época do banimento, quando combos eram mais simples e a dinâmica um pouco diferente, essa carta provavelmente era muito mais “apelona” do que hoje. Por exemplo, a Mudança de Opinião é inútil no primeiro turno – cartas mais recentes podem ter efeitos devastadores logo no primeiro turno, como a Confronto Justo, que pode ser ativada direto da mão se o jogador não controla ainda nenhuma carta.

Ao retirar uma carta do banimento após tanto tempo, a Konami dá indícios de que outras, banidas quando o TCG ainda estava começando, possam sair da lista — até porque muitas delas hoje são bem menos poderosas.


Fonte: Polygon, MSN


YU-GI-OH!

Imagem: Yami Yugi em 'Yu-Gi-Oh!'.

O primeiro episódio de Yu-Gi-Oh! Duel Monsters foi ao ar no Japão no dia 18 de abril de 2000, com produção do Studio Gallop e da Nihon Ad Systems, adaptando o mangá original do autor Kazuki Takahashi, que vinha sendo publicado na Weekly Shonen Jump, da editora Shueisha, desde 1996. No entanto, em 1998, a Toei Animation também produziu seu animê de Yu-Gi-Oh!, sendo mais focado em outros “jogos” mostrados no início da revista, ao invés do duelo de cartas.

Com edições feitas no Ocidente pela empresa 4 Kids, a série ‘Duel Monsters‘ conquistou o mundo, transformando o cardgame em uma mania. No Brasil, esse animê foi exibido pela Nickelodeon e pela Rede Globo.

Além desses, também rolaram os animês Yu-Gi-Oh! GX (2004-2008), Yu-Gi-Oh! 5D’s (2008-2011), Yu-Gi-Oh! Zexal (2011-2014), Yu-Gi-Oh! Arc-V (2014-2017, disponível legendado na Netflix), Yu-Gi-Oh! Vrains (2017-2019, disponível na Crunchyroll) e Yu-Gi-Oh! Sevens, que estreou no Japão em 2020.

Os 38 volumes do mangá original foram publicados por aqui pela Editora JBC. entre 2006 e 2010.

Em 2018, o longa-metragem O Lado Negro das Dimensões estreou com dublagem em português por aqui em diferentes plataformas. Confira nossa crítica.

Publicidade
close