Imagem: Light Yagami segurando o Death Note em cena do animê.

Death Note: Animê ganha canal 24h na PlutoTV

Caderninho da morte no almoço, na janta, em qualquer momento.

Um canal linear exibindo Death Note 24 horas por dia. Alguém na Pluto TV achou isso uma boa ideia, e estreou nessa semana o canal inteiramente dedicado ao animê, “sintonizado” no número 332 da plataforma de streaming gratuita.

Vale lembrar que Death Note já tem seus episódios disponíveis no serviço Sob Demanda da Pluto, para assistir aos capítulos quando quiser, apenas dublados em português. A série também só possui 37 episódios, ou seja, caso a exibição fosse de “cabo a rabo”, em bem menos de 24 horas já seria possível terminá-la.

Atualmente, a animação baseada no mangá de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata é um verdadeiro arroz-de-festa das plataformas de streaming. Além da Pluto TV, o animê está nos catálogos da NetflixCrunchyrollFunimation e HBO Max. Além disso, é exibido semanalmente pelo Warner Channel, às quartas, por volta de 23h20.

A obra original ganhou reimpressão recentemente pela JBC, enquanto o Rio de Janeiro recebe um musical baseado no mangá no mês que vem.


Fonte: Pluto TV via Animation Info


Imagem: Light Yagami/Kira (mangá).

Publicado pela Shonen Jump de 2003 a 2006, Death Note é cria da dupla Tsugumi Ohba (roteiro) e Takeshi Obata (desenho). A história original acompanha o jovem Light Yagami, que após mais um dia entediante se depara com um caderno misterioso, que leva à morte aquele que tiver seu nome anotado. A partir daí, ele procura fazer uma “faxina” eliminando criminosos pelo mundo, enquanto serviços de alta inteligência da polícia começam uma caça para descobri-lo.

Os 12 volumes encadernados foram publicados no Brasil pela JBC, que posteriormente relançou a obra em uma edição especial chamada de “Black Edition”, rendendo 6 volumes. Em 2020, houve a publicação digital de um capítulo especial.

Em 2006, ganhou uma versão animada finalizada em 37 episódios. A série foi um sucesso por todo o mundo, gerando um burburinho no Brasil por conta da internet. A fama fez com que ele fosse lançado oficialmente por aqui, com exibição a partir de março de 2009 no extinto canal Animax. Posteriormente, o animê foi reprisado pelo canal PlayTV e atualmente é exibido pelo Warner Channel, além de estar disponível por streaming pela NetflixPluto TVCrunchyrollFunimation e HBO Max. Em DVD, foi lançado pela PlayArte.

De 2006 até hoje, ganhou 4 produções para o cinema no Japão, 3 delas distribuídas no Brasil pela Sato Company: Death Note (2006), Death Note II – O Último Nome (2006) e Death Note: Iluminando um Novo Mundo (2016) – todas exibidas também em canais da rede Telecine em 2019. Em 2017, uma adaptação live-action americana foi produzida pela Netflix.

Uma série live-action produzida em 2015 foi exibida pela Crunchyroll.

Publicidade
close