Imagem: Tristan, o filho de Meliodas, em CG.

Nanatsu no Taizai: ‘Fúria de Edimburgo’ estreia em dezembro

Novo filme traz o filho de Meliodas como protagonista.

O perfil Netflix Geeked anunciou que The Seven Deadly Sins: Fúria de Edinburgo Parte I estreia na plataforma em dezembro, ainda sem data. O streaming confirmou exibição do longa com Tristan, o filho de Meliodas no ano passado. O personagem não é uma criação original do filme, e já teve um mangá próprio.

Confira uma imagem divulgada:

Imagem: Rascunhos do design de vários personagens do filme, incluindo o Tristan.
Divulgação: Netflix.

A produção é dos estúdios Marvy Jack (Digimon Adventure tri.) e Alfred Imageworks — estúdio sul-coreano que está tendo sua primeira experiência em animês. A direção está a cargo de Bob Shirahata (Gravitation, Hetalia) e o roteiro é de Rintarou Ikeda (The Seven Deadly Sins: Cursed by Light).

A Netflix também tem em seu catálogo todas as temporadas do animê, assim como os dois filmes anteriores, todos com opção de dublagem.


Fonte: Netflix


O JBox possui parcerias comerciais com a Amazon, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.


The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai) foi publicado de 2012 a 2020 na revista japonesa Weekly Shonen Magazine, com 41 volumes compilados A história criada por Nakaba Suzuki mostra um lugar chamado Brittania, que um dia foi protegido por um grupo de cavaleiros denominado como os “Sete Pecados Capitais”. Acusado de um golpe de estado, os cavaleiros desaparecem após a intervenção de guerreiros conhecidos como Paladinos.

No presente, a princesa Elizabeth passa a desconfiar dos Paladinos e sai a procura dos Sete Pecados Capitais, encontrando-se por acaso com um rapaz chamado Meliodas – que tem o mesmo nome de um dos antigos cavaleiros.

Em 2014, o mangá deu origem a uma série animada, que rendeu duas temporadas pelo estúdio A-1 Pictures. Em outubro de 2019, uma terceira temporada subintitulada de Wrath of the Gods estreou no Japão, dessa vez com produção do Studio Deen – que trouxe um resultado bastante criticado pelo público.

No Brasil, a Editora JBC é a responsável pelo título, publicando tanto em formato físico, quanto digital – com direito a capítulos simultâneos com o Japão. A editora também publicou o spinoff Seven Days em agosto de 2020.

As 3 primeiras temporadas e o filme animado são exibidos por aqui exclusivamente via Netflix.

Publicidade
close