Imagem: Carlos Toshiki e o pessoal do Omega Tribe em foto antiga em preto e branco.

Omega Tribe: Álbum remix na voz do brasileiro Carlos Toshiki já está disponível no Spotify

Clássicos do grupo musical de city pop estão reunidos no álbum especial ‘The Reverb 2022 Omega Tribe’, dividido em edições das distribuidoras VAP e Warner Music Japan.

Como noticiamos em abril, o álbum compilatório The Reverb 2022 Omega Tribe foi lançado nesta quarta (15) no Japão, trazendo versões remix dos sucessos da banda Omega Tribe na voz do vocalista nipo-brasileiro Carlos Toshiki – mais precisamente na época das formações 1986 Omega Tribe e Carlos Toshiki & Omega Tribe. Sob supervisão do arranjador Hiroshi Shinkawa, a seleção especial também está disponível no Brasil pelo Spotify. Ao todo são 16 faixas remasterizadas e com novos arranjos.

O álbum está dividido em duas edições. A primeira é da gravadora VAP, que inclui 9 músicas de 1986 Omega Tribe: Counter Light, Cosmic Love*, Stay Girl Stay Pure*, Lady Free, Super Chance*, Kimi wa 1000%*, Brilhant Summer, Crystal Night* e Kimi wa 1000% 2nd Line*.

*Nota: versões remix lançadas originalmente em 24 de fevereiro de 2021, no álbum comemorativo de 35 anos da banda 1986 Omega Tribe chamado To Your Summertime Smile. Estranhamente, o single “Kimi wa 1000%” está intitulado aqui como “Kimi ha 1000%”. O mesmo aconteceu recentemente nos álbuns antigos disponíveis na plataforma.

Ouça a edição da VAP:

E a segunda edição é da gravadora Warner Music Japan, que inclui 7 músicas de Carlos Toshiki & Omega Tribe: Bad Girl, Down Town Mistery, Shitsuren Suru Tame no 500 no Manual*, Aquamarine no Mama de Ite, Kairyu No Naka No Shimajima, Be Yourself, além de uma faixa bônus: versão especial de Aquamarine no Mama de Ite, que é intitulada como Aquamarine no Mama de Ite 2022.

*Nota: Também tinha sido incluído em 2021, no álbum To Your Summertime Smile.

Ouça a edição da Warner Music Japan:

Em tempo, os três primeiros álbuns de estúdio de Carlos Toshiki & Omega Tribe foram lançados em 1988 e 1989 pela VAP, enquanto o quarto e último foi lançado pela Warner, em 1990.

E hoje também foi adicionado o álbum compilatório 1986 Omega Tribe DJ Special, lançado originalmente no Japão em 21 de junho de 1987 e narrado pelo DJ havaiano Ron Wiley, da estação de rádio local KIKI. O modelo foi inspirado em Kamasami Kong DJ Special, o álbum compilatório que reuniu canções dos dois primeiros álbuns da banda S. Kiyotaka & Omega Tribe. A única novidade do disco especial, até então, era o lançamento do single promocional “Brillant Summer”, sendo a primeira vez que incluiu backing vocals e músicos de estúdio americanos.

Ouça o álbum 1986 Omega Tribe DJ Special:

Ainda este mês, também será lançado no Japão o livro 1986 Omega Tribe/Carlos Toshiki & Omega Tribe Crystal Sound Secret, sequência do livro Kiyotaka Sugiyama & Omega Tribe 35th Year of Truth – lançado em agosto de 2018. A nova publicação terá um grande número de depoimentos e fotografias.


Relembrando sucessos do city pop

Em abril deste ano, o canal oficial da VAP no YouTube atingiu a marca de 100 mil inscritos. Com isso foi lançado um singelo projeto chamado Tokyo Turntable, apresentando alguns clássicos do city pop lançados pela gravadora nos anos 80 e 90 com ilustrações em estilo animê.

Os lançamentos acontecem quinzenalmente nos fins de semana e atualmente estão disponíveis cinco vídeos com as seguintes faixas: “Tasogare My Love” de Junko Ohashi, “Transit in Summer” de S. Kiyotaka & Omega Tribe, “Totsuzen Kimi to Deaitai” de GAO, “Simple Love” de Junko Ohashi e “Super Chance” de 1986 Omega Tribe.

Em tempo, a VAP anunciou o lançamento do novo álbum Shadow, com seleção de musicas remasterizadas da cantora Momoko Kikuchi, que fez sucesso na música japonesa dos anos 80. O compositor Tetsuji Hayashi, nome bastante influente na música pop japonesa da época, está envolvido no projeto que incluirá duas novas músicas a partir de 27 de julho.


Fonte: Spotify (1), (2) e (3)


Uma voz do Brasil na música japonesa dos anos 80

Imagem: Foto do grupo Omega Tribe com Carlos Toshiki.
O quarteto da formação Carlos Toshiki & Omega Tribe (1988~1991) | Foto: Divulgação/VAP

Nascido no dia 7 de abril de 1964 em Londrina, Paraná, Carlos Toshiki havia tentado entrar no mundo da música, mas sem sucesso. Sua sorte mudou quando o produtor musical Koichi Fujita (1947~2009), da gravadora VAP, ouviu uma fita demo do nipo-brasileiro. Na ocasião, Fujita estava à procura de um substituto para Kiyotaka Sugiyama, então vocalista da banda de city pop S. Kiyotaka & Omega Tribe, que já estava com os dias contados.

Com a chegada de Toshiki, o grupo musical mudou de nome para 1986 Omega Tribe. A estreia oficial da nova formação aconteceu em 1º de maio de 1986 com o single “Kimi wa 1000%”.

Em 1988, com a saída do guitarrista Mitsuya Kurokawa (1951~2020), Toshiki e mais o guitarrista Shinji Takashima e o tecladista Toshitsugu Nishihara (ambos vindos da formação liderada por Sugiyama) resolveram mudar o nome da banda para Carlos Toshiki & Omega Tribe. A então nova formação contou com a chegada de um quarto integrante, o backing vocal norte-americano Joey McCoy.

Carlos Toshiki & Omega Tribe chegou ao fim em 1991, após uma turnê de despedida.

Publicidade
close