Imagem: Yuna em 'Final Fantasy X'.

‘Final Fantasy X’ será adaptado em peça de kabuki

É a primeira vez que um jogo será adaptado em teatro kabuki.

A TBS anunciou a produção de uma adaptação do jogo Final Fantasy X, que será exibida em Tóquio no segundo trimestre de 2023, no IHI Stage Around Tokyo. A direção e planejamento são do ator de kabuki Onoe Kikunosuke V. É a primeira adaptação de um videogame para peça do estilo, segundo o Nikkan Sports.

Final Fantasy X foi originalmente lançado em 2001, exclusivamente para Playstation 2, sendo o primeiro da franquia com cenários totalmente em 3D e vozes para os personagens. A antiga Squaresoft (hoje Square Enix) passava por maus bocados financeiramente, e o enorme sucesso ajudou a empresa a recuperar alguma estabilidade.

A história começa em Zanankard, trazendo Tidus, um craque de Blitzball (esporte fictício) viajando para o continente de Spira, aparentemente mil anos no futuro devido a uma criatura chamada Sin, que é o tormento da humanidade nessa nova realidade. Sua cidade, inclusive, é apenas as ruínas da megalópole que um dia existiu.

Nesse novo mundo, ele conhece Yuna, uma jovem sacerdotisa prestes a começar uma peregrinação para derrotar Sin, e acaba entrando nessa aventura com ela e todo o time de guardiões dela.

O game rendeu ainda uma sequência, Final Fantasy X-2, que veio em 2003 também para PS2. A nova história se passa dois anos após a derrota de Sin e coloca Yuna como protagonista, ao lado de Rikku e Paine. A jovem agora precisa lidar com os conflitos políticos e emocionais que a cercam na nova Spira.

Em 2013, foi lançado o Final Fantasy X/X-2 HD Remaster, trazendo os dois jogos com melhorias gráficas e mais alguns bônus. Esse remaster hoje está disponível para Nintendo Switch, PS3, PS4, PS Vita, Steam e Xbox One.

Em uma pesquisa feita em 2020, FF-X apareceu como o jogo favorito da franquia em uma enquete do NHK, respondida por fãs japoneses.


Fonte: ANN


Final Fantasy

Final Fantasy é uma franquia multimídia e uma das séries de RPG mais populares mundialmente. Publicado e desenvolvida pela então Square (cuja filial americana se chamaria SquareSoft), o primeiro título foi lançado em 1987, desenvolvido por Hironobu Sakaguchi logo após a fundação da empresa em 1986 (embora ela existisse, em parte, desde 1983 como divisão da Den-Yu-Sha). Os elogios da crítica e o sucesso comercial do primeiro FF geraram inúmeras sequências e outros produtos, incluindo filmes, séries de animê e mangás.

Como a história de Final Fantasy (1987) não foi criada para ter uma continuação, Final Fantasy II (1988) foi o primeiro jogo sem locais ou personagens de seu antecessor. Isto acabou se repetindo nos títulos posteriores, tornando-se uma característica da franquia. Cada jogo principal conta com uma história própria, com um novo elenco de personagens e mundos diferentes, embora os jogos compartilhem alguns elementos em comuns, caracterizando a franquia, cujas vendas ao redor do mundo já ultrapassaram 140 milhões de cópias, considerando todos os títulos.

Entre 1987 e fevereiro de 2003, a Square lançou 11 jogos da franquia principal de Final Fantasy e 13″spin-offs”, como Mystic Quest (1992) e Chronicles (2001).  Em abril de 2003, a empresa se fundiu com a Enix, conhecida por Dragon Quest, dando origem à Square Enix. Atualmente, a “linha principal” conta com 15 títulos.

Publicidade
close