Ranking: Mangás no Japão (19/07 à 25/07)

Chegou a hora de conferirmos os mangás mais vendidos no território japonês na semana de 19 à 25 de julho. Uma grande quantidade de títulos populares marcaram presença na relação, e os comentários acerca de cada um vocês conferem a seguir:

Posição Posição Anterior Título Autor Vendas Total Editora
1 Soul Eater #17 Atsushi Ookubo 157.787 157.787 Square Enix
2 Mobile Suit Gundam: The Origin #21 Hikaru Uchū Arx Part 1 Yoshizaku Yasuhiko, Hajime Yatate e Yoshiyuki Tomino 110.911 110.911 Kadokawa Shoten
3 2 Ahiru no Sora #28 Takeshi Hinata 104.128 231.276 Kodansha
4 Giant Killing #16 Masaya Tsunamoto e Tsujitomo 101.245 101.245 Kodansha
5 Billy Bat #04 Naoki Urasawa e Takashi Nagasaki 98.716 98.716 Kodansha
6 3 Air Gear #29 Oh! Great 81.310 191.915 Kodansha
7 5 GTO: Shonan 14 Days #04 Tohru Fujisawa 73.661 158.840 Kodansha
8 Working!! Karino Takatsu 69.892 69.892 Square Enix
9 6 Strongest Disciple Ken’Ichi #39 Shun Matsuena 59.014 134.886 Shogakukan
10 Ah Megami-sama/Oh my Goddess #41 Kosuke Fujishima 57.903 57.903 Kodansha
11 Magical Girl Lyrical Nanoha ViVid/Mahou Shoujo Lyrical Girl Nanoha Vivid#02 Takuya Fujima e Masaki Tsuzuki 55.548 55.548 Kadokawa Group Publishing
12 Piano no Mori/The Piano Forest #18 Makoto Isshiki 53.157 53.157 Kodansha
13 Inu x Boku SS #03 Cocoa Fujiwara 50.453 50.453 Square Enix
14 1 Suki-tte Ii na yo Kanae Hazuki 49.769 185.320 Kodansha
15 Nagasarete Airantou #17 Takeshi Fujishiro 49.103 49.103 Square Enix
16 Ga-Rei #12 Hajime Segawa 44.936 44.936 Kadokawa Group Publishing
17 Mobile Suit Gundam UC Bande Desinée Kouzou Oumori 36.923 36.923 Kadokawa Group Publishing
18 Terpsichora Dai-2-bu #04 Ryouko Yamagishi 35.465 35.465 Media Factory
19 7 Moyashimon #09 Masayuki Ishikawa 34.330 344.536 Kodansha
20 4 Tonari no Kaibutsu-kun #05 Robiko 34.044 134.118 Kodansha
21 Zetsuen no Tempest #04 Kyou Shirodaira, Arihide Sano e Ren Saizaki 33.690 33.690 Square Enix
22 17 Kimi no Iru Machi #10 Kouji Seo 31.840 71.373 Kodansha
23 10 Sakura-hime Kaden #05 Arina Tanemura 31.697 82.240 Shueisha
24 25 Ouji Majou to Himegimi to Matsuzuki Kou 31.408 61.973 Shueisha
25 12 Real Clothes #10 Satoru Makimura 30.881 77.567 Shueisha
26 8 Aozora Yell #05 Kazune Kawahara 30.231 90.863 Shuesiha
27 21 Ore-sama Teacher #08 Izumi Tsubaki 30.075 63.749 Hakusensha
28 Shikabane Hime #13 Yoshichi Akahito 29.608 29.608 Square Enix
29 19 Zettai Karen Children #22 Takashi Shiina 29.081 63.906 Shogakukan
30 20 CODE: Breaker Akimine Kamijyou 28.444 62.716 Kodansha

Liderando a lista essa semana temos Soul Eater #17, mangá que dispensa qualquer apresentação. Seu desempenho foi muito bom, ficando acima de 150.000 cópias vendidas. Esse é um dos títulos mais fortes da Square Enix na atualidade e um dos mais cobiçados pelas editoras brasileiras.

Na segunda posição temos Mobile Suit Gundam: The Origin #21. Em terceiro ficou Ahiru no Sora #28 que caiu apenas uma posição e fez bonito em seu desempenho atingindo a marca de 230.000 exemplares em duas semanas. Giant Killing que sai na Morning da Kodansha vem na 4ª posição com pouco mais de 100.000 e Billy Bat de Naoki Urasawa por muito pouco não chegou a 100.000. É um belo Top 5.

Logo atrás aparece Air Gear em sexto com pouco mais de 80.000 e quase chegando à marca de 200.000. O ótimo GTO: Shonan 14 Days vem logo a seguir e passa da marca dos 150.000, número lindo para a franquia.

Working!!, uma tira de 4 quadros que vem sendo publicada desde 2005 na Young Gangan e já foi transformada em anime, conta a história de um rapaz chamado Souta Kanashi que consegue um emprego no restaurante familiar Wagnaria. Ficou em oitavo.

Na nona colocação aparece Ken’Ichi que mantém uma bela posição e quase chega aos 140.000. Em décimo temos a interminável série Ah Megami-sama/Oh my Goddess! com quase 60.000 volumes vendidos na primeira semana de ranking.

Em 11º está uma série derivada de um anime, Magical Lyrical Girl Nanoha Vivid. Em 12º aparece a bela Piano no Mori ou Piano Forest que já ganhou alguns prêmios e virou filme de animação. Em 14º vem Suki-tte Ii na Yo! que passou a marca de 180.000, o que é um excelente número para um shoujo tão recente.

Em 16º temos o volume final de Ga-Rei, série que deveria ser licenciada logo no país antes de se tornar obsoleta. Moyashimon #09 cai da sétima para a décima nona colocação e só o volume simples já vendeu 344.536 volumes.

Tonari no Kaibustu-kun #05 vendeu pouco mais de 134.000 volumes. Kimi no Iru Machi foi da 17ª para a 22ª posição e Sakura-hime Kaden #05 sai da 10ª para a 23ª colocação e abocanha pouco mais de 80.000 no total de vendas. Aliás, é impressionante como a arte de Arina Tanemura fica cada dia mais bonita.

Ouji to Majou to Himegimi to #01 foi da 25ª para a 26ª posição, e é melhor ficar de olho nessa série, é extremamente incomum um shoujo mangá de primeiro volume ir tão bem assim. Real Clothes, Aozora Yell e Ore-sama Teacher voltam, assim como Zettai Karen Children e CODE: Breaker.

Não foram muitos títulos novos que entraram na lista, os estreantes ficaram por conta da Square Enix, Kadokawa e Kodansha, sendo não houve praticamente nada da Shueisha. Foi uma semana forte, o título que menos vendeu (CODE: Breaker) abocanhou 28.444 cópias, um número excelente, diga-se.

Tivemos duas séries de Gundam, uma das instituições mais fortes do Japão, seja em anime, seja em mangá. Essa foi uma semana fraca para os shoujo/josei manga, bem diferente da passada em que eles ocuparam metade da lista. Agora é esperar para ver como estará a próxima relação e quem continuará nela.

[Via Oricon]

Kuroi

Foi recrutado para as hordas do JBox em meados de 2010. Desde então tem pesadelos com reconstruções de retículas e adaptações dos mangás nacionais. Mantém um Blog com informações sobre os mangás da Panini.

Junte-se ao lado dos comentadores

Caretinha: smilewinkwassattonguelaughingsadangrycrying