Imagem: Takenori Ichihara em foto.

Ex-editor-chefe da Shonen Sunday deixa Shogakukan para virar mangaká

Takenori Ichihara deixou a editoria da revista no ano passado, mas continuou trabalhando na editora Shogakukan.

Takenori Ichihara, ex-editor-chefe da revista Shonen Sunday, da editora Shogakukan, anunciou que se demitiu da editora e agora vai escrever mangás. Ele deixou o cargo de editor-chefe em outubro do ano passado, após 6 anos trabalhando nessa posição, mas continuou na Shogakukan. Atualmente, Kazunori Ohshima chefia a revista.

“Hoje, 15 de abril, eu deixei a Shogakukan. Muito obrigado a todos que me acompanharam e me guiaram enquanto eu estava lá. Agora, como mangaká, quero retribuir de uma nova forma todo o amor pelo mangá” (tradução nossa).

Ele foi o segundo editor-chefe mais longevo da revista, atrás apenas de Kazuki Tanaka, que ficou no cargo de 1976 a 1984, um total de 8 anos. Ichihara fazia as decisões pessoalmente, desde one-shots estreantes de novos autores até novas séries de veteranos. Por isso, ele também se responsabilizava totalmente pelos caminhos que a Shonen Sunday tomasse.

Ichihara via o investimento em novos talentos como a maior prioridade da revista, por isso seu mandato foi acompanhado de uma mistura entre novos e antigos talentos da casa.

A Shonen Sunday é um revista semanal, saindo, como indica o nome, todos os domingos. Lançada em 1959, a revista já abrigou séries como Major, Detetive Conan, InuYasha, e Komi Não Consegue Se Comunicar.

Imagem de capa via Natalie Comics.

Fonte: ANN


O JBox possui parcerias comerciais com a Amazon, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.

Publicidade
close