NewPOP anuncia mangá e light novel de “Fireworks”

Adaptações do filme devem chegar em 2019.

Ontem (15), durante o evento Ressaca Friends, a editora NewPOP divulgou que lançará, em 2019, o mangá e a light novel de Fireworks – Luzes no Céu (Uchiage Hanabi, Shita kara Miru ka? Yoko kara Miru ka?). Ambos são baseados no filme de mesmo nome, exibido aqui no Brasil em março deste ano pela rede Cinemark e disponível através de plataformas digitais como NOW e Google Play.

Sinopse oficial (do filme):
A história se passa num dia durante as férias de verão focado em dois meninos da escola primária, Norimichi e Yusuke. Os dois são melhores amigos e ambos estão apaixonados por sua colega de classe, Nazuna. Mas por causa do divórcio de seus pais, ela terá que ser transferida para outra escola antes do segundo semestre começar, e os dois meninos ainda não sabem sobre isso. Nazuna, que não se dá bem com seus pais, secretamente decide fugir com aquele dos dois que ganhar em uma corrida de natação.

Capa japonesa do 1º volume de Fireworks em mangá
Capa japonesa da light novel de “Fireworks”, que repete arte do filme.

O mangá é feito pelo desenhista Makoto Fuugetsu, responsável pelo segundo quadrinho de Re:Zero, sendo completo em 2 volumes. Já a light novel, de volume único, é escrita pelo autor Iwai Shunji e ilustrada por Watanabe Aiko.

Fireworks – Luzes no Céu é baseado em uma série live-action de mesmo nome, lançada no Japão em 1993 e convertida em um filme em 1995. A animação chegou aos cinemas japoneses em agosto do ano passado e tem direção de Akiyuki Shinbo, mais conhecido pelo cultuado anime Puella Magi Madoka Magica. Aliás, o estúdio responsável pela animação é o mesmo de Madoka, o Shaft. Curiosamente, o filme foi exibido aqui no Brasil antes do lançamento em Blu-ray no Japão, dificultando qualquer tipo de pirataria.

[Via Painel da NewPOP no Ressaca Friends e BBM]


Trívia

O longa-metragem de Fireworks rendeu à Daoko seu maior sucesso na cena musical japonesa e internacional. “Uchiage Hanabi”, usada como tema principal do filme, dueto com o ex-vocaloid Yonezu Kenshi, já ultrapassou a marca de 200 milhões de visualizações no YouTube.

Esse foi o terceiro single da Daoko, responsável por sua ascensão ao grande público nipônico. Lançado em agosto de 2017, ele alcançou peak de #9 na parada de físicos da Oricon, conseguindo também o topo no ranking de vendas digitais. Mais tarde, a canção entrou na tracklist de seu quinto álbum de estúdio, Thank You Blue.

Publicidade
close