The Seven Deadly Sins: volume final será publicado em maio e autor já planeja uma nova série

Mangá será encerrado no volume 41, após 8 anos de publicação.

Saiu no Japão o 40º volume encadernado do mangá The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai), confirmando um anúncio que já estava sendo ventilado por aí: a próxima edição, a de número 41, trará a conclusão da série. A previsão é de que o volume final chegue às lojas locais no dia 15 de maio.

Capa original do volume 40 do mangá. | Divulgação Kodansha

O autor Nakaba Suzuki também deu início a uma série de histórias paralelas com os personagens regulares, e pretender dar continuidade. Porém, de acordo com o que o artista comentou no posfácio do mangá, novos capítulos (abordando outros personagens) só chegarão depois que ele der início a sua nova série. The Seven Deadly Sins é a obra mais longa e de maior sucesso de Suzuki (foram 8 anos de publicação), mas seu currículo já trazia ao menos 5 títulos anteriores.

No Brasil, o último volume publicado pela Editora JBC foi o número 36, tanto em formato físico quanto digital. Os capítulos avulsos também são publicados por aqui, em formato digital, simultaneamente com o Japão.

[Informações do volume 40 de The Seven Deadly Sins via ANN]


The Seven Deadly Sins é publicado desde 2012 na revista japonesa Weekly Shonen Magazine. A história criada por Nakaba Suzuki mostra um lugar chamado Brittania, que um dia foi protegido por um grupo de cavaleiros denominado como os “Sete Pecados Capitais”. Acusado de um golpe de estado, os cavaleiros desaparecem após a intervenção de guerreiros conhecidos como Paladinos. No presente, a princesa Elizabeth passa a desconfiar dos Paladinos e sai a procura dos Sete Pecados Capitais, encontrando-se por acaso com um rapaz chamado Meliodas – que tem o mesmo nome de um dos antigos cavaleiros.

Em 2014, o mangá deu origem a uma série animada, que rendeu duas temporadas pelo estúdio A-1 Pictures. Em outubro de 2019, uma terceira temporada subintitulada de ‘Wrath of the Gods’ estreou no Japão, dessa vez com produção do Studio Deen – que trouxe um resultado bastante criticado pelo público.

No Brasil, a Editora JBC é a responsável pelo título, publicando tanto em formato físico, quanto digital – com direito a capítulos simultâneos com o Japão. Ano passado a editora confirmou que trará também o spinoff ‘Seven Days‘.

As 2 primeiras temporadas e o filme animado são exibidos por aqui exclusivamente via Netflix.

 

Publicidade
close