Imagem: O assassino de 'Golgo 13'.

Golgo 13: Mangá mais antigo ainda em publicação será paralisado pela 1ª vez

Com 52 anos de publicação ininterrupta, obra conta com mais de 10 pessoas na equipe de produção.

As consequências da pandemia do novo coronavírus afetaram até mesmo Golgo 13, o mangá mais antigo ainda em publicação no Japão. A obra, que começou lá em 1968, vai ter que dar a sua primeira pausa nesses 52 anos de atividade, ainda sem uma data certa de retorno. Mais detalhes serão anunciados ainda neste sábado (9), na publicação da revista Big Comic, mas já foi divulgada a ideia de republicar materiais antigos.

A paralisação da obra foi uma decisão em comum acordo entre o departamento editorial da revista e o estúdio do autor Takao Saito, o Saito Production. A nota cita ainda que o estado de emergência vivido pelo Japão dificultou os trabalhos da equipe, que conta com mais de 10 pessoas que seriam imprescindíveis para a realização dos capítulos do mangá – produzidos ainda totalmente de forma “artesanal”, em cima dos manuscritos originais de Saito. Priorizando a segurança de todos, a melhor solução foi mesmo a de interromper a obra longeva (que há anos já “ameaçou” de ser encerrada, mas segue firme e forte).

Golgo 13 acompanha histórias fechadas de um assassino de aluguel, calmo e calculista, do qual ninguém sabe a origem. Suas histórias publicadas desde sempre na Big Comic já renderam um total de 196 volumes encadernados até então.

No Brasil, a Editora JBC chegou a selecionar algumas dessas histórias em 2010, lançando três volumes sob o selo Graphic Novel – mas nunca saiu disso. Um filme animado também chegou a ser lançado por aqui em VHS pela Flashstar nos anos 1990, com o título de Golgo 13: O Profissional.

Entre materiais inéditos em nosso país, Golgo 13 rendeu dois filmes live-action nos anos 1970, uma animação especial para vídeo em 1998 e uma série animada em 2008.


Fonte: The Snakei News

Publicidade
close