‘Final Fantasy XI’ ganha nova arte e história do jogo vai receber uma continuação

O cenário ‘The Voracious Resurgence’ será lançado em atualização de agosto.

Akihiko Matsui, produtor de Final Fantasy XI Online desde 2012, anunciou no fórum oficial do jogo que o décimo primeiro capítulo principal da franquia ganhará em breve uma continuidade na história, mesmo 18 anos após seu lançamento e 5 anos desde a última grande atualização que o título recebeu. “A notícia mais emocionante que tenho para compartilhar é que uma nova história estará chegando a Vana’diel!”, escreveu Matsui.

A nova parte da história foi nomeada The Voracious Resurgence, mas o produtor avisou aos jogadores que para ter acesso a sua campanha, será necessário concluir a expansão anterior, Rhapsodies of Vana’diel, lançada em 2015. “Esta história, que acontecerá ao longo de muitas atualizações ao invés de apenas algumas, irá explorar um lado de Vana’diel que nunca foi visto antes. Esteja ciente de que é necessário a conclusão de Rhapsodies of Vana’diel para experimentar esse novo conteúdo maravilhoso, então eu espero que aqueles que não tenham experienciado por completo o conto de Iroha, aproveitem essa oportunidade”, explicou o produtor.

A Square Enix também divulgou uma ilustração feita por Akihiro Yamada para o capítulo inédito de FF XI:

Arte de Akihiro Yamada ilustra a nova parte da história de Final Fantasy XI, The Voracious Resurgence.

Confira a sinopse oficial de The Voracious Resurgence: “Mesmo o menor dos incidentes pode ter efeitos colaterais que alteram o curso da história. Três indivíduos de origem desconhecida se inseriram perfeitamente na vida cotidiana, mas suas vestes são sombrias e suas intenções ainda mais. Pouco tempo se passou antes que os pequenos ovos de origem desconhecida começassem a aparecer em todo tipo de lugar em Vana’diel. Cabe aos melhores aventureiros descobrirem a verdade por trás desse fenômeno enigmático. Espreite além do véu da morte e desvenda os fios emaranhados de uma conspiração que ameaça o próprio tecido do mundo.”

Além da nova história, a atualização de agosto trará ajustes no sistema de jobs, novos pets, itens e inimigos. Mesmo sem grandes atualizações nos últimos anos, FF XI continuava recebendo conteúdos regulares e o jogo ainda possui uma comunidade fiel de jogadores.

Final Fantasy XI Online é um MMORPG lançado em maio de 2002 para PlayStation 2, e para computadores em novembro do mesmo ano. Também foi lançado no Xbox 360 em abril de 2006. A história do jogo é ambientada no mundo fictício de Vana’diel, onde avatares de diferentes raças criados pelos jogadores podem competir e cooperar em variados objetivos, incluindo progredir na hierarquia do game e na trama principal. Ao longo de seus 18 anos de serviço, o título já recebeu inúmeras atualizações, incluindo cinco pacotes de expansão e diversos cenários adicionais. Atualmente, Final Fantasy XI só está disponível para computadores pois os servidores do PlayStation 2 e Xbox 360 foram descontinuados em março de 2016.


Fonte: RPG Site


Final Fantasy é uma franquia multimídia e a série de RPG mais popular mundialmente. Publicada e desenvolvida pela Square Enix, seu primeiro título foi lançado em 1987 – quando a empresa ainda se chamava Squaresoft, criado por Hironobu Sakaguchi como uma última tentativa de emplacar um sucesso da companhia, que na época passava por problemas financeiros e acreditava que este seria seu último jogo. Os elogios da crítica e o sucesso comercial do primeiro FF mudaram o cenário e geraram inúmeras sequências e outros produtos, incluindo filmes, séries de animê e mangás.

Como a história de Final Fantasy (1987) não foi criada para ter uma continuação, Final Fantasy II (1988) foi o primeiro jogo da história em que a sequência não tinha locais ou personagens do antecessor. Isto acabou se repetindo nos títulos posteriores e tornando-se uma característica da franquia. Cada título conta com uma história própria, um novo elenco de personagens e mundos diferentes, que compartilham alguns elementos em comuns que definem a franquia, que já vendeu mais de 140 milhões de cópias no mundo.

Publicidade
close