Imagem: Minoru, do capítulo especial de 'Death Note' lançado em 2020.

Death Note: Editora JBC anuncia volume especial da série

Coletânea traz histórias publicadas ao longo dos anos.

A editora JBC anunciou hoje (18) em seu canal no YouTube a impressão de Death Note: Short Stories. A previsão é de que a obra chegue por aqui ainda em 2022. A edição de volume único seguirá o formato da Black Edition do mangá original.

Essa coletânea saiu este ano no Japão e reúne histórias curtas publicadas ao longo dos anos. Entre as histórias incluídas, os destaques são o capítulo “piloto”, publicado antes de Death Note virar uma série, uma coleção de 4-koma (as famosas tirinhas) e o capítulo especial já publicado pela JBC – até então, apenas em formato digital.

A editora publicou o mangá original de Death Note na íntegra pela 1ª vez entre 2007 e 2008. Posteriormente, lançou a Black Edition, que compila os 12 volumes em 6. Além disso, a editora trouxe o databook How to Read e algumas light novels.


Fonte: JBC Festa


DEATH NOTE

Imagem: Light Yagami/Kira (mangá).

Publicado pela Shonen Jump de 2003 a 2006, Death Note é cria da dupla Tsugumi Ohba (roteiro) e Takeshi Obata (desenho). A história original acompanha o jovem Light Yagami, que após mais um dia entediante se depara com um caderno misterioso, que leva à morte aquele que tiver seu nome anotado. A partir daí, ele procura fazer uma “faxina” eliminando criminosos pelo mundo, enquanto serviços de alta inteligência da polícia começam uma caça para descobri-lo.

Os 12 volumes encadernados foram publicados no Brasil pela JBC, que posteriormente relançou a obra em uma edição especial chamada de “Black Edition”, rendendo 6 volumes. Em 2020, houve a publicação digital de um capítulo especial.

Em 2006, ganhou uma versão animada finalizada em 37 episódios. A série foi um sucesso por todo o mundo, gerando um burburinho no Brasil por conta da internet. A fama fez com que ele fosse lançado oficialmente por aqui, com exibição a partir de março de 2009 no extinto canal Animax. Posteriormente, o animê foi reprisado pelo canal PlayTV e atualmente é exibido pelo Warner Channel, além de estar disponível por streaming pela NetflixPluto TVCrunchyrollFunimation e HBO Max. Em DVD, foi lançado pela PlayArte.

De 2006 até hoje, ganhou 4 produções para o cinema no Japão, 3 delas distribuídas no Brasil pela Sato Company: Death Note (2006), Death Note II – O Último Nome (2006) e Death Note: Iluminando um Novo Mundo (2016) – todas exibidas também em canais da rede Telecine em 2019. Em 2017, uma adaptação live-action americana foi produzida pela Netflix.

Uma série live-action produzida em 2015 foi exibida pela Crunchyroll.

Publicidade
close