Com capa dura, edição de luxo de Dragon Ball não deve ser totalmente colorida

Panini volta atrás com detalhes divulgados na CCXP.

Depois de anunciar uma edição “full color” durante a CCXP, a Panini voltou atrás quanto à sua edição de luxo do mangá Dragon Ball. Em entrevista ao canal Mangá Tube, Levi Trindade (editor da Panini) contradisse o primeiro anúncio da editora, afirmando que apenas as páginas que são coloridas originalmente virão em cores, as demais serão tradicionalmente em preto e branco.

Nas páginas que são coloridas, ela [a edição] vai ter todas as quatro cores, não só aquele tom avermelhado “desbotado” [como na Edição Definitiva da Conrad]. Ele é totalmente colorido, mas só nas páginas coloridas [originais], o resto é ‘pb’“- afirmou o editor.

Levi ainda afirma que a pretensão da Panini é publicar uma versão “3 em 1”, compreendendo 3 volumes do mangá original em um único encadernado. A 1ª coleção de Dragon Ball foi concluída em 42 volumes, já publicados pela editora aqui no Brasil em papel jornal. Nessa equação, a edição de luxo teria 14 volumes, mas a decisão ainda não foi tomada, dependendo do andamento dos contratos. A versão “full color”, com todas as páginas coloridas, publicada no Japão a partir de 2013, teve 32 edições.

Em release enviado nesta segunda (17/12), a assessoria da Panini comunicou um detalhe não revelado antes: a chamada edição ‘Ultimate‘ terá acabamento em capa dura, a exemplo do Kanzenban dos Cavaleiros do Zodíaco da Editora JBC.

O preço ainda é uma incógnita, mas uma coisa Levi garantiu: “não será 100 reais”.

[Via Mangá Tube e Press Release]


Dragon Ball surgiu como mangá em 1984, sendo uma criação de Akira Toriyama, que anteriormente já tinha emplacado no Japão o sucesso Dr. Slump. Adaptando livremente o conto chinês Jornada ao Oeste, começa contando a história do pequeno Goku, um garoto com uma força extraordinária e um rabo de macaco, que viveu até então isolado da humanidade. Sua vida muda quando uma jovem aventureira chamada Bulma o conhece, procurando por uma das lendárias Esferas do Dragão. Juntos eles entram numa jornada atrás das 7 esferas existentes, que reunidas podem conceder qualquer desejo.

Os quadrinhos viraram uma série animada em 1986, pela Toei Animation. Após 153 episódios, continuou com o título Dragon Ball Z, a partir de 1989. Com os personagens mais velhos, em Dragon Ball Z o foco se consolida na ação, com Goku e outros lutadores enfrentando grandes ameaças contra a Terra.

O mangá original foi publicado no Brasil a partir de 2000, pela Conrad Editora e posteriormente foi republicado pela Panini. O anime Dragon Ball estreou no Brasil em 1996, pelo SBT, que exibiu 60 episódios dublados pela Gota Mágica. Em 2002, a série teve todos os episódios exibidos pela Rede Globo, com uma redublagem pela Álamo, finalizada pela DPN. Uma outra reprise, dessa vez com todos os episódios dublados na Álamo, aconteceu posteriormente no Cartoon Network e Tooncast. Alguns episódios também estão disponíveis pelo NOW.

Dragon Ball Z estreou no Brasil pelo Cartoon Network e Bandeirantes em 1999, sendo exibido também pela Rede Globo. Atualmente está em exibição pela Rede Brasil e possui alguns episódios disponíveis pelo NOW.

Publicidade
close