Human Lost: filme que adapta um dos maiores clássicos da literatura japonesa tem pré-estreia gratuita em São Paulo

Distribuído pela Sato Company, filme faz parte da programação do evento Verão Otaku.

Acontece hoje (31) em São Paulo o antepenúltimo dia do evento Verão Otaku, mostra gratuita de animês no CCSP (Centro Cultural São Paulo), em parceria com a Fundação Japão e Black Pipe Entretenimento. As atenções desta sexta estão voltadas para a sessão das 18h, quando acontece a pré-estreia do filme Human Lost, longa-metragem que adapta o livro Declínio de um Homem, clássico de Osamu Dazai.

A produção é do estúdio Polygon Pictures (o mesmo das séries Knights of Sidonia e Ajin) e teve estreia no Japão em outubro do ano passado. A distribuição no Brasil é feita pela Sato Company, que após a exibição do filme também promoverá um painel na CCSP. Será uma conversa às 20h com Nelson Sato (CEO da empresa) sobre a difusão dos animês na TV brasileira.

Os ingressos gratuitos serão serão distribuídos na bilheteria às 14h, uma hora antes da primeira sessão do dia (que é com o filme A Garota que Saltava no Tempo, às 15h). A Sala Lima Barreto tem um limite de 99 lugares.

A história do filme se centra no personagem Oba Yozo, um cara que se considera um fracassado como adulto e não consegue entender os seres humanos. O ano é 2036, a ciência conseguiu superar a morte com uma tecnologia nano interna, porém apenas os mais ricos conseguem pagar por tal tecnologia milagrosa. E Yozo não é uma dessas pessoas. Com crises de seus sonhos ele se junta a uma gangue de bicicleta de seu amigo para o “The Inside”, onde a elite vive. Nessa jornada, Yozo vai descobrir algo apavorante que irá mudar sua vida para sempre.

O time da produção conta com Fuminori Kizaki (Afro Samurai, Bayoneta: Bloody Fate) na direção, Tow Ubukata (Ghost In the Shell, Heroic Age) na roteirização, Yuusuke Kozaki (Bubuki Buranki, Under the Dog) no design de personagens e Kenichiro Tomiyasu (Metal Gear Rising, Dragon Quest X, Asura Wrath) na arte conceitual.

A Sato Company ainda não informou quando será a estreia oficial do filme fora dessa mostra especial.

Serviço

Verão Otaku – Sessão do dia 31 de janeiro de 2020
15h: A Garota que Saltava no Tempo
18h: Human Lost
20h: Conversa Nelson Sato e Carlos Pires: Difusão de Animes na televisão brasileira
Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – São Paulo/SP
Entrada: Gratuita, com retirada dos ingressos na bilheteria 1 hora antes da 1ª sessão

[Via CCSP]


Errata

Em notícias anteriores relacionadas ao filme Human Lost, informamos que sua exibição seria mundialmente pela Netflix, o que não procede. A origem desse erro deve ter sido relacionada aos outros animês do estúdio Polygon Pictures, que foram exibidos pela plataforma. No entanto, Human Lost segue um circuito de cinema tradicional, licenciado pela Funimation – o que não impede que um dia seja distribuído sim pela Netflix, mas o serviço não teve relação inicial com a produção e/ou distribuição.

Publicidade
close