Shaman King: remake do animê é anunciado para 2021

Nova versão já ganhou um vídeo teaser revivendo a música da versão original.

Totalmente do nada! Shaman King está de volta em um novo animê anunciado para abril de 2021. A nova série ganhou uma conta oficial no Twitter e um novo site, também divulgando o primeiro vídeo teaser, onde podemos ouvir novamente o tema de abertura da versão dos anos 2000 com imagens do mangá animadas:

No site oficial há um texto que afirma que a animação adaptará todos os volumes do mangá desta vez. A 1ª versão animada de Shaman King foi produzida entre 2001 e 2002 pelo estúdio Xebec, com 64 episódios que não cobriam toda a história. Para os japoneses, esse 1º animê foi liberado no YouTube como forma de aquecimento, mas está bloqueado para nós.

A obra é baseada no mangá de Hiroyuki Takei, publicado na popular Shonen Jump entre 1998 e 2004, totalizando 32 volumes encadernados (mas uma reimpressão em 2009 trouxe o chamado “verdadeiro final”). Uma continuação intitulada Shaman King: The Super Star teve início em 2018 na Shonen Magazine Edge, com 3 volumes até então. Outros spin-offs em mangá também foram publicados no Japão ao longo dos últimos anos.

Vale lembrar que, em 2017, Takei comentou que houve conversas para um novo animê, mas a ideia foi vetada porque o autor exigia as vozes e a trilha sonora da 1ª versão. A julgar pelo retorno do tema de abertura no teaser, algo deve ter progredido nessa conversa.

Shaman King/Reprodução

A história de Shaman King começa quando um garotinho chamado Manta, durante um retorno para casa após o cursinho, resolve pegar um atalho por um cemitério. Por lá ele avista um outro garoto, Yoh Asakura, que conversa com um espírito. Em seguida, Yoh entra para a escola de Manta e explica que ele é um shaman, e que procura por um espírito parceiro para participar de um grande torneio mundial de shamans.

O animê estreou no Brasil em 2002 pela Fox Kids e teve alguns episódios lançados em DVD. Adquirido pela Globo, teve poucos episódios exibidos, indo para a geladeira por ser considerado impróprio para as manhãs. Mais tarde, foi exibido em plataformas de streaming como o Claro Vídeo. Já o mangá, foi publicado por completo pela Editora JBC, em formato meio-tanko (metade de um volume japonês), totalizando 64 edições – antes de existir o novo final.


Fonte: Twitter oficial de Shaman King

Publicidade
close