Dragon’s Dogma: Netflix confirma data de estreia mundial da adaptação do game

Série em computação gráfica estreia em setembro.

Anunciada em março do ano passado, a adaptação animada do game Dragon’s Dogma finalmente ganhou mais detalhes pela Netflix. A plataforma divulgou algumas imagens (confira abaixo), nomes da equipe de produção e marcou a data de estreia mundial para o dia 17 de setembro.

A animação em CGI do estúdio Sublimation terá direção de Shin’ya Sugai, responsável também por 009 Re: Cyborg. Dois enviados da Capcom, desenvolvedora do game, também estarão presentes como co-produtores: Hiroyuki Kobayashi (que supervisionou o animê de Devil May Cry) e Takashi Kitahara (também supervisor na produção Resident Evil: Condenação).

Dragon’s Dogma é um dos principais RPGs lançados na 7ª geração de consoles, chegando ao mercado em 2012 para PlayStation 3 e Xbox 360, vendendo cerca de 1,3 milhões de cópias. A versão expandida do jogo, subintitulada Dark Arisen e lançada em 2013, foi um sucesso ainda maior, tendo vendido 2,1 milhões. Na história (ambientada na península de Liogran, um território fictício formado pelos ducados de Gransys, ao leste, e Liore, no oeste), acompanhamos a jornada de um Arisen, título dado às pessoas que conseguiram sobreviver após terem seus corações tomados por um dragão. O novo escolhido pelo Dragão embarca então numa jornada para buscá-lo, pois os Arisens são os únicos que podem matá-lo e, por isso, é dito que suas escolhas são capazes de moldar o mundo.

Na tradução livre da sinopse do animê da Netflix temos: “A história segue a jornada de um homem em busca de vingança contra um dragão que roubou seu coração. Em seu caminho, o homem é trazido de volta à vida como um ‘Arisen’. Uma aventura de ação sobre um homem desafiado por demônios que representam os sete pecados capitais dos humanos.”

Vale lembrar que uma adaptação em mangá do game, Dragon’s Dogma: Progress, foi publicada no Brasil pela Editora JBC em formatos impresso e digital.


Fonte: Release via Anime News Network


Dragon’s Dogma na Amazon:

Publicidade
close