Panini negocia continuidade de ‘Toriko’ e ‘Triage X’ no Brasil

Volumes mais recentes das duas séries foram publicados por aqui há 1 ano.

Depois de anunciado o cancelamento da publicação nacional de Yo-Kai Watch, os leitores da Panini passaram a se perguntar a respeito de outros títulos da editora. Assim como o mangá de Noriyuki Konoshi, Toriko e Triage X não ganham novos volumes desde o ano passado. As últimas edições publicadas de cada série foram Triage X #18 e Toriko #35, de outubro e dezembro de 2019, respectivamente.

De acordo com a editora, contatada pelo JBox, as obras não foram canceladas e a continuidade (ou não) da publicação está “em negociação com os licenciantes”. Apesar de pouco esclarecedora, o que se presume é que estão sendo discutidos, com as editoras japonesas, novos contratos para os mangás de Mitsutoshi Shimabukuro e Shouji Sato. Possivelmente, a renegociação deve envolver novos valores a serem pagos pelos direitos de publicação, bem como uma provável readequação do preço de capa. A chance de cancelamento, no entanto, não deixa de ser real, cabe dizer.

Capa da edição 35 de Toriko | Imagem: Divulgação/Panini

Publicado no Brasil desde 2013, Toriko foi encerrado no Japão, em dezembro de 2016, na edição #43, e apesar de contar com a “grife” Shonen Jump, a mais popular revista de mangás japonesa, não caiu no gosto do público como costuma ocorrer com outros títulos do periódico. Nos primeiros anos em solo nacional, a série tinha periodicidade bimestral, mas pela baixa procura acabou tendo seu lançamento mais espaçado, tornando-se quadrimestral (até o referido hiato dado pela Panini).

A adaptação animada do estúdio Toei Animation, produzida de 2011 a 2014, é exibida com legendas em português pela Crunchyroll.

 

Capa da edição 18 de Triage X | Imagem: Divulgação/Panini

Triage X chegou por aqui em março do mesmo ano, após o relativo sucesso de Highschool of the Dead, do mesmo ilustrador e também lançado pela Panini. Ainda em andamento, o último número da edição japonesa foi o #21. Por aqui, o mangá costumava ser de periodicidade trimestral, até a última aparição, 12 meses atrás.

A série animada, produzida em 2015 pelo estúdio Xebec, é exibida também pela Crunchyroll com legendas.

Mais detalhes a respeito das duas séries deverão ser revelados em breve pela editora, ou por este mesmo site, caso tenhamos novidades.


Fonte: Assessoria Panini

Publicidade
close