Vida à Venda: Livro de Yukio Mishima está em pré-venda

Editora Estação Liberdade é a responsável pela nova edição da obra original de 1968.

Ontem (25) marcou os 50 anos da morte do renomado escritor japonês Yukio Mishima (cujo nome real era Kimitake Hiraoka). A editora Estação Liberdade, para celebrar a data, anunciou a pré-venda do livro Vida à Venda (Inochi Urimasu, no original), obra inédita do autor no Brasil.

O livro foi seriado originalmente em 1968 em 21 capítulos na revista semanal Playboy, publicada pela Shueisha no Japão. A versão compilada saiu no mesmo ano. A trama conta sobre um redator de 27 anos que abandona o seu trabalho após uma tentativa de suicídio e anuncia estar à venda em um jornal. As propostas que ele recebe fazem sua vida mudar totalmente.

Yukio Mishima foi – e ainda é – uma figura muito controversa, especialmente devido à sua morte em 1970. Mishima cometeu seppuku, aquele “suicídio dos samurais”, após invadir um quartel e tentar um golpe no Japão, por ser opor ao novo Estado e Constituição do país, feitos com apoio dos EUA. Ele era favorável ao retorno dos poderes imperiais. Com a tentativa falha, se matou no quartel.

A morte chocou o Japão pois o autor era um dos escritores mais conhecidos do país na época, tendo concorrido a diversos prêmios Nobel em vida. A presença marcante de homoafetividade em suas histórias levantam questões entre pesquisadores até hoje sobre a orientação sexual de Mishima. Ele era casado e tinha dois filhos.

Capa de Vida à Venda.
Capa nacional | Divulgação/Estação Liberdade

Com 256 páginas, o livro tem valor inicial de R$ 53,00, mas no momento de publicação desse texto há um desconto no site da editora, caindo o valor para R$ 45,05 na pré-venda.


Fonte: Estação Liberdade

Publicidade
close