Takeru, protagonista de Ice Age Chronicle of the Earth.

Pipoca & Nanquim anuncia ‘Ice Age Chronicle of the Earth’, de Jiro Taniguchi, para 2021

Seinen de ficção científica traz nova faceta do autor para o leitor brasileiro.

Por meio de seu canal no YouTube, a editora Pipoca & Nanquim anunciou para 2021 o lançamento de Ice Age Chronicle of the Earth (Chikyuu Hyoukai Goto Osamu), de Jiro Taniguchi.

A história gira em torno de Takeru, responsável por uma mina de carvão, que é levado a embarcar em uma perigosa expedição, durante o que ficou conhecido como um novo período glacial. Com o fim dessa “era do gelo”, os humanos se veem em um novo curso evolutivo. Guiado por um Deus, Takeru enfrentará a Grande Mãe, podendo salvar consigo o destino de toda a humanidade.

Publicado originalmente em 1988, o mangá de demografia seinen saiu primeiro pela Kodansha. Em 2002, a editora Futabasha relançou a obra. Tanto na primeira quanto na segunda publicação a série foi finalizada em 2 volumes, mesmo número que terá a edição brasileira.

As capas japonesas de ‘Ice Age Chronicle of the Earth’ vol. 1. À esquerda, a edição da Kodansha (1988); à direita, Futabasha (2002) | Divulgação/Kodansha/Futabasha.

Como dito por Bruno Zago, editor da Pipoca & Nanquim, trata-se, para o leitor brasileiro, de uma nova faceta do autor – conhecido por obras que retratam o cotidiano do homem comum do Japão. Para Zago, Ice Age Chronicle of the Earth tem “uma pegada meio Katsuhiro Otomo (Akira)”.

A editora ainda promete mais títulos de Jiro Taniguchi para 2022. É possível que A Distant Neighborhood esteja nessa leva, título “desanunciado” recentemente pela Devir, que revelou que a obra já tem seus direitos negociados com outra empresa brasileira (entenda o caso clicando aqui).


Fonte: Pipoca & Nanquim


Jiro Taniguchi no Brasil

Apesar de ser um dos artistas de mangá mais renomados, Jiro Taniguchi começou a ser mais valorizado recentemente no Brasil. Em 2008 a Panini trouxe uma edição de Seton, mas acabou cancelando a sequência do título por baixas vendas. A mesma Panini, em 2006, trouxe O Livro do Vento, que traz arte de Taniguchi. Em 2009 foi a vez da Conrad, com Gourmet (relançado pela Devir com o título de O Gourmet Solitário, em 2019). Só em 2017 reencontramos o autor com O Homem que Passeia, pela Devir. Guardiões do Louvre chegou pela editora Pipoca & Nanquim em 2018. É aguardado para 2021 além da publicação de Ice Age Chronicle of the Earth, o já anunciado A Zoo in Winter, pela editora Devir.

Publicidade
close