Imagem: Pedaço da capa japonesa do volume 51, com o personagem Inuyasha.

InuYasha: 1º volume da nova edição ganha registro no ISBN

Relançamento da obra de Rumiko Takahashi enfim se aproxima.

A nova edição de InuYasha está cada vez mais perto de chegar às lojas especializadas. Uma atualização importante sobre a publicação aconteceu na noite desta sexta-feira (30), quando a editora JBC fez o registro do primeiro volume no ISBN.

Imagem: Print das informações de ISBN de 'Inuyasha', como nome dos tradutores e autores e data do lançamento (2021).
Reprodução: CBL.

O procedimento é corriqueiro e faz parte da burocracia de todo livro publicado no Brasil. No caso de InuYasha, a notícia anima os fãs, já que o mangá foi anunciado em 2016 e as atualizações sobre o andamento da nova edição são mais esparsas que o usual.

O relançamento virá no formato wideban — que compila para 30 os 56 tankobons publicados originalmente no Japão. A grande quantidade de volumes somada aos padrões de um formato considerado de luxo é o que exige da JBC maior tempo para costurar uma fórmula mais atrativa ao leitor, do ponto de vista financeiro.

De acordo com informações divulgadas anteriormente, a mais conhecida obra de Rumiko Takahashi deve fazer sua segunda passagem pelo Brasil a partir deste 3º semestre de 2021.

A tradução, que será a mesma utilizada na edição publicada pela JBC entre 2002 e 2009, ficou a cargo de Arnaldo Massato Oka. No ISBN há também a menção a Renata Leitão (tradutora de Haikyu!!), que provavelmente revisou o texto, e Denis Takata, editor de arte.

A pré-venda do título deve ser disponibilizada em breve.


Fonte: CBL


InuYasha é mais uma criação da autora Rumiko Takashi, famosa por sucessos como Urusei Yatsura (Turma do Barulho no Brasil) e Ranma 1/2. Seriado nas páginas da revista Shonen Sunday entre 1996 e 2008, a série rendeu um total de 56 volumes encadernados, acompanhando a jornada da jovem Kagome, que viaja sem querer para o Japão feudal e liberta um meio-youkai chamado InuYasha, com quem deve se aliar para procurar os fragmentos da Joia de Quatro Almas.

A série animada estreou no Japão em 2000, com produção do estúdio Sunrise, sendo finalizada com 167 episódios em 2004. Anos mais tarde, em 2009, mais 26 episódios foram lançados na temporada conhecida como InuYasha: Kanketsu-hen (ou The Final Act), que finalizou a saga do meio-youkai e da garota que veio do futuro.

No Brasil, o mangá foi publicado pela Editora JBC a partir de 2002 em formato meio-tanko (totalizando 112 volumes). Já o animê estreou via Cartoon Network também em 2002 e fez sucesso junto ao público – mesmo  sofrendo com cortes e censuras promovidos pela distribuidora Televix. 30 episódios chegaram a ser exibidos também em TV aberta pela Rede Globo e os filmes estrearam por aqui pela Netflix – disponíveis atualmente pelo Amazon Prime Video.

A série Kanketsu-hen permanece inédita oficialmente no Brasil.

Publicidade
close