Imagem: Chun-Li em arte de Magic.

‘Magic’ ganha cartas especiais de ‘Street Fighter’

8 cartas inspiradas em personagens do jogo foram divulgadas para a nova coleção ‘Secret Lair’, mas ainda tem hoje um anúncio especial.

Lembra da colaboração entre Magic: The Gathering e Street Fighter anunciada no ano passado? Pois bem, ela chegou ao Brasil! As cartas da nova edição do Secret Lair Drop Series estão em pré-venda por aqui, trazendo cartas de Street Fighter.

O Secret Lair é uma coleção de cards exclusivos, lançados como produtos avulsos e colecionáveis (a Drop Series), trazendo reinvenções de cartas clássicas do jogo, collabas inesperadas e qualquer outra maluquice que queriam inventar.

A bola da vez é o jogo de luta da Capcom. Confira os cards divulgados, mas ainda tem um bônus a ser revelado hoje (19), às 21h:

Imagem: Seis cards inspirados em Street Fighter, com Blanka, Dhalsim, Chun-Li, E. Honda, Ken e Zangief.
Divulgação: Wizards/Capcom.
Imagem: Dois cards inspirados em Street Fighter, com Ryu e Guille.
Divulgação: Wizards/Capcom.

Os produtos do Secret Lair só são vendidos em pré-vendas especiais, a produção é feita apenas quando as vendas são fechadas e os cards vão para o consumidor, e não para lojas. Garanta a sua aqui.

Magic é um TCG criado em 1993 e considerado hoje o maior do mundo, e recentemente uma expansão com base no Japão feudal, em estilo “cyberpunk”. Uma outra coletânea Secret Lair já teve, anteriormente, ações com Godzilla. Para promover essa nova coleção, também chamaram a Hatsune Miku.


Fonte: Release de imprensa



A franquia Street Fighter teve início como um game da Capcom lançados em 1987 para os arcades japoneses, mas foi em em 1991, com Street Fighter II, que o nome entrou de vez para a história dos games como o jogo de luta mais famoso de todos os tempo. De lá pra cá, muitas continuações e altos e baixos marcam a franquia.

Como todo game de sucesso, Street Fighter ganhou adaptações para outras mídias, sendo a mais famosa no Brasil o animê Street Fighter II Victory – que foi ao ar no SBT nos anos 1990, e depois pelo Cartoon Network no começo dos anos 2000. A série se tornou cult entre os fãs de animação japonesa por aqui, também graças a sua dublagem e adaptação – realizada por Nelson Machado, que praticamente salvou o trabalho!

Street Fighter II Victory adapta livremente a história da juventude dos personagens e é embalada com uma ótima trilha sonora, podendo ser assistido atualmente na Netflix ou na Amazon Prime Vídeo.

No Prime Video também é possível encontrar o filme Street Fighter Alpha (de 2001) e o OVA Street Fighter Alpha: Generations (2005) que apesar dos nomes, não possuem ligação entre si nas tramas. Infelizmente, ambos estão com uma dublagem desprezível em nosso idioma (feita lá fora).

Um longa metragem mais fiel ao game, Street Fighter II – O Filme (1994), chegou a ser lançado nos cinemas brasileiros com uma dublagem tenebrosa e censuras. Posteriormente, foi redublado (com o elenco do animê do SBT) para o lançamento em VHS pela Columbia Tristar Home Vìdeo e chegou a ser exibido pela Record no começo dos anos 2000.

Deixando de lado bombas como o filme dos Street Fighter: A Batalha Final (aquele e com o Van Damme) e Street Fighter: A Lenda de Chun Li, em 2014 foi lançada uma honrosa versão live-action dos personagens chamada Street Fighter: Assassin’s Fist, disponível em 13 episódios, via YouTube. Uma versão compilada sob formato de filme dessa série, está disponível no Prime Vídeo com legendas em nosso idioma.

Publicidade
close