Imagem: Capa do volume 1 do mangá de Mushoku Tensei.

Mushoku Tensei: Mangá chega ao Brasil pela Panini

Obra adapta conhecida série light novel.

Uma das séries mais comentadas da última temporada de animês, Mushoku Tensei finalmente chegará ao Brasil, mas não pela sua mídia original. A Panini anunciou, nesta terça-feira (5), que irá publicar Mushoku Tensei: Uma segunda chance, adaptação em mangá da famosa light novel de Rifujin no Magonote.

O mangá é de Yuka Fujikawa e conta sua história a partir do argumento original da novel. A trama acompanha um homem adulto, desempregado e sem muitas relacionamentos sociais, que após o primeiro ato de coragem na vida reencarna como um bebê em um mundo de fantasia. Nesse mundo, ele é filho de um nobre da família Greyrat e passa a treinar desde cedo, tornando-se muito habilidoso em magia.

O quadrinho é seriado na revista Comic Flapper, da Media Factory (um selo da editora Kadokawa) desde 2014. A obra está em andamento, com 16 volumes.

A edição nacional virá no formato padrão da Panini, seguindo as dimensões 13,7 x 20 cm, miolo em papel offwhite 66 (com páginas coloridas em couché), periodicidade mensal e preço de capa de R$ 34,90.

O lançamento é aguardado para o mês de junho.


Fonte: Panini


Sobre Mushoku Tensei

Imagem: Pôster de Mushoku (anime).

Mushoku Tensei: Jobless Reincarnation começou a ser seriado no Japão a partir de 2014 por Rifujin na Magonote, no site Shosetsuka no Narou. A Kadokawa publica a versão compilada da história, com ilustrações Shirotaka e 25 volumes até o momento.

A trama acompanha um homem adulto, desempregado e sem muitas relacionamentos sociais, que após o primeiro ato de coragem na vida reencarna como um bebê em um mundo de fantasia. Nesse mundo, ele é filho de um nobre da família Greyrat e passa a treinar desde cedo, tornando-se muito habilidoso em magia.

Ficou mais conhecido aqui pelo animê do estúdio Bind, que nasceu de uma joint-venture entre o White Fox (de Steins;Gate) e a produtora Egg Firm (Sword Art Online: Alicization).  A Crunchyroll agora exibe a série com dublagem por aqui, após migração da Funimation.

Confira nossa crítica aqui.

Publicidade
close