Imagem: Foto de Mackenyu Arata.

Youtuber japonês acusa Mackenyu Arata de evasão fiscal e outros crimes

Conhecido como Gaasyy, youtuber teve carreira de 27 anos trabalhando no backstage do mundo do entretenimento, e teve acesso à vida pessoal de várias celebridades japonesas.

O youtuber japonês de 50 anos conhecido como Gaasyy, fez um vídeo comemorativo de 1 milhão de inscritos no qual acusa o ator Mackenyu Arata de cometer uma série de crimes, como evasão fiscal (sonegação de imposto), se relacionar com menores de idade, planejar uma tentativa de assassinato de Takahiro Moriuchi, da banda One Ok Rock (Arata ainda teria relações com crime organizado, segundo o youtuber) e stealth marketing (quando se anuncia um produto sem dizer ao cliente que é uma propaganda).

São dois vídeos que compõem a série sobre Arata:

Antes de sua nova carreira no YouTube (que começou há um mês), Gaasyy, cujo nome verdadeiro é Yoshikazu Higashitani, já trabalhou por 27 anos no mundo do entretenimento japonês, tendo muito contato com a vida privada de diversos artistas. Ele alega ter provas e, por isso, suas acusações têm bastante peso para o público japonês.

A notícia caiu como uma bomba e o assunto foi abordado por diversos veículos japoneses de imprensa. A intenção de Gaasyy seria de fato fomentar um alvoroço que atrapalhasse a carreira do ator, que está confirmado nos live-action de One Piece e Os Cavaleiros do Zodíaco, com produções internacionais, e também em um dos filmes de Fullmetal Alchemist.

Até o momento da publicação desse post, Mackenyu Arata não se pronunciou sobre as acusações.


Fonte: Gaasyy, Cyzo Woman, Daily News Online, Biz-Journal, Yahoo News

Publicidade
close