Exclusivo: ‘Street Fighter II V’ e mais animes via streaming

Listão de séries da Sato Company para o mercado on-demand!

Ficou empolgado com a notícia das séries tokusatsu que em breve podem chegar à Netflix e outros servicos streaming via Sato Company? Pois a lista também tem animes e é deles que vamos falar agora!

O primeiro que chama atenção de cara aos nostálgicos é Street Fighter II Victory. O anime de 29 episódios foi exibido pela primeira vez no Brasil em meados dos anos 1990 pelo SBT e mais tarde figurou também a programação do Cartoon Network.

Outro nome bem conhecido dos fãs de anime é Devil May Cry. Série de 2007, com 12 episódios produzidos pelo Madhouse, é baseada na franquia de games da Capcom, com história situada entre o primeiro e o quarto jogos.

Ainda na linha das adaptações de games, temos Vampire Hunter, OVA de 4 episódios baseado em Darkstalkers. Foi lançado originalmente em 1997, com produção do Madhouse.

Dirigido por Fuminori Kizaki e Mitsutaka Hirota, temos Bayonetta: Bloody Fate, longa-metragem animado baseado no game de PlayStation 3, Xbox 360 e Wii U. Com 90 minutos, foi produzido pelo estúdio Gonzo em 2013.

Diabolik Lovers, anime de 13 episódios (que ganhou uma nova temporada recentemente) também é baseado em um game, no caso uma franquia homônima da Rejet lançada para PSP e PSVita. A produção é do estúdio Zexcs (o mesmo de Mushi-shi).

Da Production I.G temos também Ghost Hound, anime sobrenatural escrito pelo renomado Masamune Shirow (Ghost in the Shell). A série possui 22 episódios.

Com duas temporadas de 12 episódios cada, o último anime da lista é Jormungand, série de 2012 do estúdio White Fox. É baseado no mangá homônimo de Keitarou Takahashi, que mistura ação, aventura e comédia dramática.

 

Live-actions baseados em mangás

A lista também inclui alguns filmes que muitos fãs conhecem da versão original em mangá ou em anime.

Entre as negociações temos Bunny Drop (Usagi Drop), filme de 115 minutos, baseado no mangá de Yumi Unita, publicado no Brasil pela NewPOP. O anime foi feito em 2011, pela Production I.G e o longa é da mesma época.

Outro mangá que saiu por aqui (pela Panini) e terá sua versão em filme via streaming é Black Butler. É bom lembrar que o live-action baseado no título já estava previsto para a a plataforma Netflix, conforme você viu aqui, com o título Mordomo de Preto.

 

Quando estreiam?

Essa é uma pergunta complicada de responder. A data certa para essas produções chegarem ao catálogo dos serviços depende de diversos fatores, mas com as confirmações , iremos informando aqui no JBox.

 

As séries inéditas terão dublagem?

Nada confirmado. De acordo com o senhor Nelson Sato, os valores negociados muitas vezes não custeiam o investimento de versões brasileiras e o material com áudio original e legendas é bem aceito pela maior parte dos fãs.

Vale lembrar que Robô Gigante, outro anime disponível na Netflix com distribuição da Sato, ganhou dublagem brasileira, portanto, nada está descartado para aqueles que preferem assistir dessa forma.

 

Dublagem de tokusatsu

Aproveitamos esse espaço para esclarecer uma informação da nota anterior. A notícia da vinda de séries tokusatsu para os serviços de streaming tomou proporções enormes e muitos sites replicaram o texto distorcendo a questão acerca da dublagem. Queremos deixar claro que em momento algum dissemos que os áudios brasileiros clássicos que todos nós conhecemos poderiam estar de fora do pacote. A questão de custos para dublagens que poderiam não valer a pena para a Sato fazia referência a produções inéditas. É praticamente certo que Jaspion e as demais pérolas da Manchete tenham sua versão brasileira de sempre quando forem ao ar nas plataformas.

Publicidade
close