Coluna do Daileon#4: O que vem por aí em Kyuranger vs. Space Squad

Anime do ULTRAMAN na Netflix, homenagem a um dos pais do tokusatsu e mais novidades!

Saudações inca-venuzianas! (Awika!) Sextou, galera! E você sabe que quando sexta, tem nova edição desta coluna do JBox dedicada totalmente ao tokusatsu e escrita por este forte candidato a cosplay de Seu Madruga (não tenho lá aquela voz do Dr. Gori, mas tô na moda). O novo Space Squad está entre os japoneses e a Coluna do Daileon já está no clima e vai contar pra você as novidades deste filme. Também as últimas notícias desse universo formado por heróis e monstros emborrachados. E no final da edição, um espaço dedicado ao aniversário do grande mestre do gênero que tanto gostamos. Vamos juntos!

 

Space Squad one point five

O filme Kyuranger vs. Space Squad está em cartaz nos cinemas japoneses desde o ultimo dia 30 de junho. A ideia de um “Vingadores da Toei” ainda parece estar mantida, apesar de algumas impressões deixadas nos primeiros teasers de que poderia ser o contrário. Segundo o próprio diretor Koichi Sakamoto, em entrevista ao portal americano The Tokusatsu Network, o novo filme da série é uma espécie de “Space Squad 1.5“.

Com direito a menções de alguns heróis brevemente vistos em Gavan vs. Dekaranger (confundido por gente desavisada no ano passado como “o filme do Jaspion”) logo nos primeiros minutos, esta nova aventura é ambientada no mundo de Kyuranger e se passa quatro anos depois do fim da série. Com direito à ligação ao episódio 18 da série de TV (ao menos aquele crossover encontrou sua finalidade). Não custa lembrar: o mundo de Kyuranger é diferente dos 40 esquadrões anteriores, que fazem parte da mesma cronologia.

O esquadrão Kyuranger se encontra com os Policiais do Espaço Geki Jumonji/Gavan Type-G e Shu Karasuma/Shaider. Substituindo Sharivan nessa jornada, entra em cena Touma Amagi, o novo Jiraiya. Representante da 36ª geração de Togakure (tenha nervos, Manchetinha. Já te disse que esse não é o filme solo do ninja olimpíada, muié). Isso teve um bom motivo nos bastidores. O ator Riki Miura se aposentou do meio artístico e a Toei teve que inserir o segundo Jiraiya na trama. Consequentemente, tivemos a inserção de Dell Star (Demost) na parada como um dos apóstolos da organização espacial criminosa Genmaku.

Assim como MacGaren (Mad Gallant) e Herbaira (Hellvira), os respectivos vilões das séries Jaspion (1985) e Spielvan (1986), este Dell Star é uma nova encarnação do vilão original que vimos em Jiraiya (1988). Sua primeira aparição foi num vídeo de 1º de abril que apresentava os vilões Mele (de Gekiranger), Juzo (de Shinkenger), Vasco (de Gokaiger) e Escape (de Go-Busters). A verdade é que eles estão ressurretos no novo filme.

Quem ficou do lado do mal foi Hammie, a Chamaleon Green do esquadrão espacial, que rouba o artefato Neo Kyutama. Desculpas ou não, isso serviu para dar mais destaque à atriz Sakurako Okubo (essa fofurinha também deu entrevista ao canal The TokuNet no YouTube). Outro destaque é a bela Ayame Misaki que volta à pele de Escape. A atriz é uma das atrações internacionais nesta edição do Anime Friends (saiba mais aqui).

Com roteiro de Nobuhiro Mouri e trilha sonora de Kyosuke Yamashita, Kyuranger vs. Space Squad deve guardar boas surpresas e deixar alguns pontos a desejar. Logo mais estará no mercado de home-video japonês em 8 de agosto.

 


As próximas linhas contém algumas revelações do filme. Caso não seja afoito e não queira ler, pule para as próximas notas que tão carregadas de novidades. Só não me mande pro Sekishiki se você mudar de ideia, ok? ;)

• Dentre os vilões, quem se destaca é a Mele. O resto fica meio perdido. Por sinal, a atriz Yuka Hirata continua muito bonita aos 34 anos. 10 anos depois do fim de Gekiranger.
• O novo Jiraiya tem uma fraca participação. A voz emprestada (isso mesmo) foi do dublador Kenji Akabane, o Shiryu do filme Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário. Em outras palavras: por ora, esse Jiraiya deve ser equivalente a um Ultraman Taro da vida.
• O filme tem “cameos” de Masayuki Deai (Bouken Silver de Boukenger) e Satomi Hirose (Tsuruhime de Kakuranger).
• O novo Dell Star não tem lá aquele rancor como sua contraparte original. Ao menos ressuscitou os vilões das séries Super Sentai.
• Ficou um gancho para uma possível volta de Kyuranger para um próximo Space Squad.
• Há indícios de que todos os 12 apóstolos de Genmaku sejam vilões de Metal Hero. (Tomara!)
• Nas cenas pós-créditos, o Comandante Fire aparece carregando o canhão Giga Streamer. (Woohooooooooo!!!) Portanto, Winspector é mais uma série Metal Hero referida em Space Squad. Bora rever esse clássico pra entrar no clima e cantar o tema de abertura com o vozeirão do Miyauchi (♫MAY DAY, MAY DAY, SOS♫).

*Agradecimentos ao amigo Michel Matsuda pelas infos vindas diretamente do Japão.


Errata

Na primeira edição desta coluna disse que Seiya Motoki, o ator que vive Noël Takao em Lupinranger VS Patranger, tem 16 anos. Me enganei (culpa do release, só pra constar). Na realidade ele tem 24 e troca de idade no próximo dia 6 de outubro. Tudo certinho agora, garotinho? Então sigamos com a programação normal.


ULTRAMAN na Netflix!

E atenção! Notícia diretamente de M-78! O anime baseado no mangá ULTRAMAN tem local e data pra ir ao ar. O título será lançado mundialmente pela Netflix no meio de 2019. Mais precisamente no verão japonês. O anuncio foi publicado no volume 12 do mangá que saiu nesta quinta (5) na terra do sol nascente.

O título é publicado por aqui pela Editora JBC e está no décimo volume. A série vai ganhar uma box com os oito primeiros volumes a partir de 18 de julho.

Quem tá animadão ae?


O drama de Go Yellow

Kenji Shibata (42), o ator que viveu Daimon Tatsumi/Go Yellow em GoGo V, infelizmente está com um tumor cerebral inoperável. O fato foi divulgado no programa televisivo Bakuhou THE Friday que foi ao ar neste fim de semana pela emissora japonesa TBS e reuniu o restante do elenco principal do Super Sentai de 1999. Apesar dos sintomas, Shibata diz, sem muitos detalhes, que toca a vida normalmente e trabalha como professor.

Após GoGo V, Shibata reprisou o papel duas vezes. A primeira vez foi em março de 2001 no filme lançado direto-para-vídeo Timeranger vs. GoGo V e a segunda foi em agosto do mesmo ano nos cinemas com Gaoranger vs. Super Sentai.

Forças, Yellow!!


Maaya Uchida em Gridman

A lindíssima atriz/cantora/dubladora, famosa por participar de várias séries de anime, vai soltar a voz no tema de encerramento de SSSS.Gridman. Animação que vai adaptar o herói gigante de 1993 da Tsuburaya. O nome do single é “youthful beautiful” e será o oitavo de sua carreira musical.

Maaya Uchida é lembrada pelos fãs de tokusatsu como Hiroyo Hakase nas duas temporadas de Akibaranger (2012). Na mesma série dublou a personagem Z-Cune Aoi.


Tema de abertura

Masayoshi Oishi, como parte da dupla OxT, vai cantar “UNION”. Tema de abertura de SSSS.Gridman. Oishi também interpreta o tema de abertura de Ultraman R/B, como mencionado na edição passada.


Nova atriz em Ultraman R/B

Kaede Yuasa (kawaiiiiiii!!) viverá uma personagem na nova série que estreia logo mais. Ela será Darling, uma secretária IA (Inteligência Artificial) de Makoto Aizen, presidente da corporação Aizentech. O nome Darling vem do acrônimo D.R.L.N., que significa Digital Response Language Network.

Yuasa já emprestou sua voz para Zandrias no animê Kaiju Girls, também da franquia Ultra.

 


Atores de Kamen Rider em Samurai X

Os atores Mitsuru Matsuoka e Ryosuke Miura estarão no elenco do musical de Samurai X em outubro. Matsuoka (acima), o Eternal em Kamen Rider W, viverá Kano Sozaburo, personagem que não estava presente no mangá original. E Miura (abaixo), o Ankh em Kamen Rider OOO, interpretará Shinomori Aoshi. Embora tenha vivido outro personagem no segundo filme live-action da franquia (Samurai X – Inferno em Kyoto) chamado Sawagejo Cho.


Orb e Mirrorman na TV gringa


Ultraman Orb estreou no canal americano de animes e tokusatsu TOKU (estilizado assim mesmo com letras maiúsculas). A série Ultra de 2016 vai ao ar diariamente às 19h30 (horário do leste). A chamada acima anuncia também as exibições do filme de terror Tokyo Gore School (2009) e da série tokusatsu Mirrorman (clássico da Tsuburaya de 1971). As estreias acontecem respectivamente nos dias 7 e 20 de julho.


Falando em TOKU

O canal lança nesta sexta (6) o seu próprio serviço de streaming, o WATCHTOKU (estilizado também com letras maiúsculas). No catálogo estão as séries Ultra: Mebius, X, Cosmos, Gaia, Orb e o anime The☆Ultraman. Todos já exibidos na grade do TOKU.


 

RIDER CHIPS

A banda que já tocou músicas para Kamen Rider 555 (2003) vai interpretar o último tema de inserção de Kamen Rider Build. A música “Law of the Victory” é baseada na frase que Sentou, alter-ego do herói-título, sempre diz ao ir para a batalha. Vamos conferir esse trabalho a partir do dia 15 de julho, quando o episódio 44 da série vai ao ar na tela da TV Asahi.

 


Nova abertura

Lupinranger VS Patranger deve ganhar em breve uma nova canção. “Lupinranger, Here We Go!” entra na lista como um novo tema de abertura da série Super Sentai e será interpretada por ZETKI, do Project.R. Sem data de previsão de lançamento no momento.

Pela primeira vez na história da franquia, um segundo tema de abertura é usado para uma série. Anteriormente isso aconteceu em Go-Busters.

 


O dia de Eiji Tsuburaya

Se você curte de verdade o gênero tokusatsu, então certamente deve admirar boas sequências de explosões em maquetes, naves voando em pleno estúdio, disparos de raios, monstros com zíper nas costas, heróis faiscando e coisas do tipo, certo? Pois bem, sejamos gratos então ao lendário/saudoso “pai de efeitos especiais”. Se ainda estivesse vivo, Eiji Tsuburaya completaria 117 anos no dia 7 de julho.

Algumas fontes de pesquisa apontam o dia 10 de julho de 1901 como sua genuína data de nascimento. Como é o caso do livro Eiji Tsuburaya: Master of the Monsters, biografia escrita pelo pesquisador americano de tokusatsu August Ragone. Bem, independentemente disso, esta é uma ótima semana para celebrar o tokusatsu com muito Ultraman, filmes kaiju e coisas do tipo que a gente tanto gosta. Ora, se não fosse sua genialidade do sr. Eiji, nem estaríamos aqui papeando sobre tokusatsu. Jaspion e Changeman, por exemplo, nem sonhariam em existir na história da TV brasileira.

Mas vamos direto ao ponto. Existe uma lenda sobre o tal dia 7 de julho. Fontes oficiais sempre referiam como a data de nascimento do sr. Eiji. E há uma razão para essa alegação. Na tradição japonesa, o Tanabata é um festival que acontece sempre na sétima noite do sétimo mês do ano, derivado de celebração de ancestrais, conhecido como Obon. Os Tanabata podem se estender até 7 de agosto, celebrando assim as reuniões de Orihime e Hikoboshi – as respectivas estrelas de Vega e Altair.

Como disse uma vez Ragone em seu blog (read and train your English): um japonês dizer que alguém nasceu no dia de Tanabata, é o mesmo que dizer que um americano nasceu no dia da independência.

Em tempo, mesmo se o sr. Eiji Tsuburaya não tenha nascido em 7 de julho, ainda assim o mito do nascimento em pleno festival seria oportuno. Já que ele ficaria famoso por seu talento, genialidade e criatividade sem igual a partir de 1954, através do primeiro filme de Godzilla.

Curiosamente: o dia 7 de julho é a mesma data de aniversário de Seiji Hokuto e Yoko Minami, hospedeiros do herói Ultraman Ace, da série homônima de 1972. E o dia 10 de julho foi a data de exibição do especial de TV de Ultraman, uma semana antes da estreia oficial em 1966. Atualmente 10 de julho é oficialmente a data comemorativa do homem da Nebulosa M-78 no Japão.

Seja qual for o dia, aproveite! Celebre o tokusatsu! Viva o mês do Ultraman!

Domo arigatou gozaimasu, Tsuburaya-sama!!

 

Bem, vocês me desculpem, mas agora eu vou-me embora. Existem mil japa girls querendo passear comigo. Ser oficial do Esquadrão Ultra tem dessas coisas, sabe? Te vejo na sexta. Bye!

Publicidade
close