Imagem: Luffy com seu chapéu de palha em 'One Piece'.

One Piece: Acabando? Podemos acreditar? Mangá pode estar chegando ao arco final

Chamada para próxima edição da ‘One Piece Magazine’ cita “aproximação do arco final”.

A Shonen Jump (da editora Shueisha) mais recente divulgou uma chamada para a revista One Piece Magazine, anunciando que a série está “indo para o arco final”. O 10º volume da revista de One Piece sai no dia 4 de setembro no Japão e vai começar a “preparar para o clímax da série” com uma releitura do mangá. O autor, Eiichiro Oda, já comentou em entrevistas sobre o possível encerramento da série.

Nessa revista, também começará a adaptação da novel One Piece: Ace’s Story, focada no irmão de Luffy, por Boichi, ilustrador do mangá de Dr. STONE. A chamada não trazia mais informações.

Capa da edição anterior da One Piece Magazine | Divulgação/Shueisha

A One Piece Magazine é uma revista da Shueisha dedicada a informações sobre a série criada em 2017, em comemoração aos 20 anos do mangá.


Fonte: ANN


One Piece é uma obra de autoria de Eiichiro Oda. O mangá original começou a ser publicado na revista Shonen Jump em julho de 1997 e tornou-se um fenômeno mundial. Na história, acompanhamos as aventuras do pirata Monkey D. Luffy e de sua tripulação, os Chapéus de Palha, que navegam o mundo à procura do “One Piece”, o tesouro perdido do antigo Rei dos Piratas, Gol D. Roger, enquanto enfrentam diversos piratas e o Governo Mundial.

No Brasil, o mangá foi publicado pela primeira vez no formato “meio-tanko” pela Editora Conrad, que interrompeu a publicação na 70° edição (correspondente à 2ª parte do volume 35 no original japonês). Em 2012, a série foi relançada pela Editora Panini, seguindo o formato original japonês, e conta atualmente com 95 volumes encadernados lançados (no Japão são 96 atualmente). A versão em animê é produzida pelo estúdio Toei Animation (Dragon Ball Z) e exibida oficialmente via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português.

Com nova dublagem, o animê deve estrear em algum momento na Netflix.

Publicidade
close