YashaHime: Primeiro trailer é divulgado na Otakon Online

Nova série de InuYasha está prevista para o último semestre deste ano.

O primeiro trailer de YashaHime: Princess Half-Demon, uma continuação de InuYasha, foi divulgado recentemente pelo evento Otakon Online. Alguns usuários estavam gravando a transmissão e disponibilizaram o vídeo pelo YouTube:

Hanyou no Yashahime ou Yashahime: The Half-Demon Princess (“Yasha, a Princesa Meio-Demônio”) conta sobre as filhas dos protagonistas de InuYasha. Na história, uma das gêmeas filhas de Sesshomaru se separa da outra, parando nos tempos atuais, onde é criada pelo irmão de Kagome. Junto com a filha de InuYasha, ela eventualmente vai atrás da irmã. A estreia está prevista para o último trimestre deste ano e a VIZ confirmou a licença do título nos EUA e América Latina.

O estúdio responsável é o Sunrise (o mesmo da série original), com direção geral de Teruo Sato (dirigiu alguns episódios de InuYasha na década de 2000), roteiro de Katsuyuki Sumisawa (Gundam Wing) e música de Kaoru Wada (atuou em todas as produções da franquia animada). A autora do mangá original, Rumiko Takahashi, está supervisionando a produção.


Fonte: InuYasha Anime (não oficial)


InuYasha é mais uma criação de Rumiko Takashi, famosa por sucessos como Urusei Yatsura (Turma do Barulho no Brasil) e Ranma 1/2. Seriado nas páginas da revista Shonen Sunday entre 1996 e 2008, a série rendeu um total de 56 volumes encadernados, acompanhando a jornada da jovem Kagome, que viaja sem querer para o Japão feudal e liberta um meio-youkai chamado InuYasha, com quem deve se aliar para procurar os fragmentos da Joia de Quatro Almas.

A série animada estreou no Japão em 2000, com produção do estúdio Sunrise, sendo finalizada com 167 episódios em 2004. Anos mais tarde, em 2009, mais 26 episódios foram lançados na temporada conhecida como InuYasha: Kanketsu-hen (ou The Final Act), que finalizou a saga do meio-youkai e da garota que veio do futuro.

No Brasil, o mangá foi publicado pela Editora JBC a partir de 2002 em formato meio-tanko (totalizando 112 volumes) e será relançado em edição especial em 2021. Já o animê estreou via Cartoon Network também em 2002 e fez sucesso junto ao público – mesmo  sofrendo com cortes e censuras promovidos pela distribuidora Televix. 30 episódios chegaram a ser exibidos também em TV aberta pela Rede Globo e os filmes estrearam por aqui pela Netflix.

A série Kanketsu-hen permanece inédita oficialmente no Brasil.

Publicidade
close