Protagonista do mangá 'Act-Age'.

Act-Age: Vendas do mangá são suspensas por tempo indeterminado

Mangá ‘Act-Age’ foi descontinuado na semana passada, após prisão de roteirista.

A Shonen Jump anunciou hoje (17) a suspensão por tempo indeterminado das vendas e distribuição do mangá Act-Age, cujo roteirista, Tatsuya Matsuki, foi preso sob suspeita de importunação sexual de duas adolescentes. A decisão vale tanto para as edições impressas quanto digitais – incluindo a plataforma MangaPLUS, com a página da obra já indisponível.

Também ficam canceladas impressões dos volumes 13 em diante, do calendário 2021 programado para setembro e basicamente de todas as mercadorias anunciadas, exceto os brindes programados para as Jump 21/22, 33/34 , Jump Giga de primavera 2020 e na loja Jump Character. Leitores podem cancelar o recebimento desses brindes.

Na semana passada, a Shueisha comunicou o cancelamento da obra, além de ressaltar o suporte dado à Shiro Usazaki, ilustradora da série e sem relação alguma com o caso. A prisão de Matsuki fez fãs e colegas se solidarizarem com Usazaki. O anúncio fez a procura por volumes subir na semana passada, pois os fãs queriam garantir ter a série antes que esgotasse.


Fonte: Shonen Jump via ANN

Publicidade
close