Imagem: Legoshi em 'Beastars'.

‘Beastars – O Lobo Bom’ é o animê mais popular da Netflix no Brasil e na América Latina

A nível mundial, ‘The Seven Deadly Sins’ ficou no topo.

A América Latina foi conquistada por Beastars! É o que mostra um relatório da agência NeoMam Studios, que com base em dados dos últimos 12 meses colhidos em mecanismos do Google e do Flixable, mapeou quais são os animês originais da Netflix mais populares em cada país do mundo.

Embora a vitória a nível mundial seja de The Seven Deadly Sins, as coisas são diferentes na América Latina, incluindo o Brasil. Com poucas exceções, como Costa Rica, Honduras e Panamá, Beastars é o animê mais popular da plataforma a partir do México até a ponta da América do Sul. Curiosamente, Beastars também o favorito do próprio país de origem, o Japão, na China, na Rússia e mais alguns países do oriente.

Você pode conferir o mapeamento completo na imagem abaixo:

 

 

2ª temporada e fim do mangá

Beastars está prestes a chegar ao fim em seu formato original, em mangá. O quadrinho terá pelo menos mais 3 capítulos na revista Shonen Champion, onde é publicado desde 2016. Aqui no Brasil, a Panini lança os volumes encadernados.

Já o animê segue em sua 2ª temporada em 2021. A série do estúdio Orange tem lançamento marcado para o mês de janeiro.


Fonte: Budget Direct via Anime News Network


Criado por Paru Itagaki, a história de Beastars mostra um mundo antropomórfico, onde os carnívoros e herbívoros vivem em paz e tranquilidade. O personagem principal é Legoshi, um lobo que está acostumado com o medo e antipatia que todos sentem à sua volta, apesar de ter um coração bondoso e fazer parte do clube de teatro da escola Cherryton. Mas em um momento Legoshi se envolve mais com seus colegas de classe e descobre suas inseguranças e segredos, mudando o caminho da sua vida escolar.

Em 2017, a obra ficou em segundo lugar na lista de público alvo masculino do guia de mangá Kono Manga ga Sugoi! (Este mangá é incrível!, em tradução literal), logo atrás de The Promised Neverland. Foi o primeiro mangá da editora Akita Shoten a receber um prêmio do Manga Taishou, além de receber os prêmios de Novo Criador do Tezuka Osamu Cultural Prizes, Melhor Mangá no Kodansha Manga Awards e prêmio de Nova Face do Japan Media Arts Festival Awards em 2018.

Em 2019, Beastars ganhou uma adaptação em animê pelo estúdio Orange (Land of the Lustrous), disponibilizada pela Netflix no Brasil no começo de 2020, sob o nome Beastars – O Lobo Bom (temos uma crítica aqui). A primeira temporada foi exibida no Japão primeiramente na Fuji TV pelo bloco +Ultra, uma sessão de animês atualmente parceira da Netflix – todas as séries exibidas lá vão para o streaming mundialmente. A segunda temporada está confirmada para estrear em janeiro.


Beastars na Amazon: