Ren Ozawa em foto, com cara séria.

Ator de ‘Kamen Rider Gaim’ é acusado de cometer violência doméstica

Ren Ozawa, o Rat da série de 2013, foi desligado de sua agência por agredir sua companheira.

Aviso: Esta postagem trata sobre abuso, agressão e violência doméstica.


Ren Ozawa (29), o Rat da série Kamen Rider Gaim (2013), foi acusado no início desta semana por cometer violência doméstica contra sua namorada. O casal mantinha um relacionamento de cinco anos e desde 2019 moram juntos. Segundo o portal japonês Livedoor, a namorada de Ozawa estava grávida e esperava dar a luz em maio deste ano.

Conforme relatos, Ozawa havia questionado se o bebê era realmente dele, incentivou sua parceria a abortar e a agrediu no estômago, para que ela perdesse a criança. Um vizinho relatou que, em 31 de agosto passado, ouviu “barulhos estranhos” vindo do apartamento de onde morava o casal, algo que levantou a suspeita de violência. No Japão, a Lei de Proteção à Saúde Materna permite que o aborto seja realizado com o consentimento da mãe e de seu companheiro. Porém, a namorada de Ozawa afirma que ele assinou o formulário de consentimento – com seu sobrenome verdadeiro, Ogawa.

A agência AIS apurou e confirmou o caso. Em nota, ela pediu desculpas pelo ocorrido e informou que seu vínculo com Ozawa foi cancelado, apesar de o ator negar a acusação.

Os japoneses manifestaram revolta nas redes sociais, esperando que Ozawa pague pelo crime.


Fontes: Livedoor e Daisuki Toku

Publicidade
close