Imagem: Ágatha e Flora Paulita, e a uma imagem da Usagi/Sailor Moon.

JBox Entrevista | Conversa com voz da Usagi e diretora de dublagem em ‘Sailor Moon Eternal’

Confira nosso bate-papo especial sobre a nova dublagem de ‘Sailor Moon’!

Com a estreia de Sailor Moon Eternal na Netflix, o JBox traz uma entrevista exclusiva com Flora Paulita, diretora da dublagem, e Agatha Paulita, a nova dubladora da Sailor Moon. Confira a seguir:

Sailor Moon Eternal dá sequência à série Sailor Moon Crystal, cuja última temporada foi exibida em 2016 e está disponível na Crunchyroll. O remake, animado pelo estúdio Deen com produção da Toei, segue a trama do mangá de forma mais fiel. No Japão, o primeiro filme estreou em 8 de janeiro e ficou entre os 10 filmes mais assistidos naquele final de semana. Já o segundo, estreou em 11 de fevereiro.

A dublagem brasileira foi produzida pelo estúdio Vox Mundi.


Pretty Guardian Sailor Moon

Bishoujo Senshi Seera Muun

Imagem: As Sailor Moon na versão dos anos 1990.

Sailor Moon foi criado como um mangá por Naoko Takeuchi no final de 1991, nas páginas da revista japonesa Nakayoshi, sendo finalizado em 1997 (originalmente com 18 volumes). Em 1992, virou uma série animada pela Toei Animation, encerrada em 1997.

Na história, Serena Tsukino (Usagi Tsukino) é uma estudante de 14 anos, chorona e que não vai muito bem na escola. Um dia ela se encontra com uma gata falante e recebe poderes para se transformar em Sailor Moon, uma heroína que luta pela justiça. Outras Sailors, com poderes inspirados nos planetas do sistema solar, juntam-se com o tempo, formando uma equipe de guerreiras.

A série estreou no Brasil em 1996, pela extinta Rede Manchete. Retornou à TV em 2000, pelo Cartoon Network, a partir da temporada Sailor Moon R. Todas as fases seguintes, nomeadas como SSuper S e Stars, foram exibidas pela emissora paga. Sailor Moon R também teve uma rápida passagem pela TV Record, sendo exibido dentro do infantil Eliana & Alegria. Alguns episódios das fases R e S foram lançados em DVD, enquanto a primeira temporada teve alguns episódios lançados em VHS.

Após mais de 10 anos de negociação, a Editora JBC publicou o mangá original por aqui a partir de 2014. Foi usada como base uma reedição fechada em 12 volumes. A empresa também lançou os 2 volumes de Sailor Moon: Short Stories e de Sailor V, história que deu origem a Sailor Moon.

Em 2014, a Toei Animation produziu em parceria com o estúdio Deen a série Sailor Moon Crystal, um remake animado mais próximo à história do mangá. A série foi exibida por aqui via Crunchyroll, com legendas em português. Os filmes Sailor Moon Eternal, dando continuidade ao remake, estrearam na Netflix em 2021.

Publicidade
close