Imagem: Cavaleiro de 'FF XIV: Endwalker'.

‘Final Fantasy XIV’ divulga planos para os próximos 10 anos

Versão gratuita retorna ainda em fevereiro.

O produtor Naoki Yoshida disse em uma live sobre os próximos 10 anos de Final Fantasy XIV, o MMORPG da franquia, que incluem novas possibilidades como experiência solo e multijogador, atualizações gráficas (pela primeira vez) e o Patch 6.x.

Yoshita também disse não ter planos de abandonar o projeto, a menos que o CEO da Square Enix diga o contrário (e mesmo assim ele ainda vai insistir), ou o time peça sua saída ou alguma tragédia, como sua morte, ocorra. Confira o resumo do que vem por aí:

  • Progresso como experiência de RPG solo e multiplayer;
  • A primeira atualização gráfica do jogo (implementação planejada no 7.0);
    • Não serão comparáveis aos jogos independentes;
    • Requisitos mínimos mudarão no 7.0;
    • Atualização das aparências dos personagens e cenários;
  • Patch 6.x e novas atualizações continuarão regularmente;
  • Atualização em larga escala ao sistema Trust (permite entrar em dungeons das quests principais com NPCs aliados);
  • Contratação de mais designers de jogos e engenheiros gráficos (vagas abertas).
Imagem: Personagem no gráfico atual e no gráfico melhorado.
Exemplo de melhoria gráfica do jogo. | Reprodução via Gematsu.

Ainda foi informado que a versão de teste gratuito (free trial) retorna no dia 22 de fevereiro, mas o horário pode variar dependendo da região. As vendas digitais voltaram em janeiro, mas a edição gratuita continuou suspensa para evitar recongestionar os servidores.

Confira o vídeo:

Final Fantasy XIV Online saiu em 2010, apenas para computadores, mas teve uma recepção tão negativa que a Square Enix resolveu refazer o jogo. Assim nasceu o atual sucesso Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, lançado em agosto de 2013 para PlayStation 3 e PC – a versão para PS4 chegou em abril de 2014.

O jogo já conta com várias expansões e segue fazendo bastante sucesso entre fãs da série e de MMORPGs mesmo com os custos de compra e mensalidade envolvidos. Na versão gratuita, atualmente com novos cadastros suspensos, o jogadores podem aproveitar até o nível 60 sem pagar nada.

O jogo ganhou dois prêmios no Game Awards 2021.


Fonte: Gematsu


Final Fantasy

Final Fantasy é uma franquia multimídia e uma das séries de RPG mais populares mundialmente. Publicado e desenvolvida pela então Square (cuja filial americana se chamaria SquareSoft), o primeiro título foi lançado em 1987, desenvolvido por Hironobu Sakaguchi logo após a fundação da empresa em 1986 (embora ela existisse, em parte, desde 1983 como divisão da Den-Yu-Sha). Os elogios da crítica e o sucesso comercial do primeiro FF geraram inúmeras sequências e outros produtos, incluindo filmes, séries de animê e mangás.

Como a história de Final Fantasy (1987) não foi criada para ter uma continuação, Final Fantasy II (1988) foi o primeiro jogo sem locais ou personagens de seu antecessor. Isto acabou se repetindo nos títulos posteriores, tornando-se uma característica da franquia. Cada jogo principal conta com uma história própria, com um novo elenco de personagens e mundos diferentes, embora os jogos compartilhem alguns elementos em comuns, caracterizando a franquia, cujas vendas ao redor do mundo já ultrapassaram 140 milhões de cópias, considerando todos os títulos.

Entre 1987 e fevereiro de 2003, a Square lançou 11 jogos da franquia principal de Final Fantasy e 13″spin-offs”, como Mystic Quest (1992) e Chronicles (2001).  Em abril de 2003, a empresa se fundiu com a Enix, conhecida por Dragon Quest, dando origem à Square Enix. Atualmente, a “linha principal” conta com 15 títulos. Em março de 2020, uma enquete da NHK ranqueou os jogos favoritos dos japoneses, com Final Fantasy X (2001) ficando na primeira posição.

Publicidade
close