Imagem: Masuda segurando uma pokébola.

Junichi Masuda deixa a Game Freak, mas segue com ‘Pokémon’

Masuda é um dos criadores e um dos nomes mais influentes em ‘Pokémon’, tendo trabalhado em quase todos os jogos da franquia. Ele agora fará trabalhos criativos para a marca como um todo, na The Pokémon Company.

Junichi Masuda, um dos nomes mais reconhecidos na indústria de jogos por seu trabalho de décadas em Pokémon, está saindo da Game Freak.

Apesar de estar saindo do trabalho de contato mais direto com os jogos, Masuda agora fará parte da The Pokémon Company, empresa que é responsável por cuidar da marca mundialmente como um todo. Lá, ele atuará em trabalhos criativos para a empresa, pensando no futuro da marca.

Em comunicado, Masuda agradeceu de coração a todos os fãs de Pokémon. Ele comentou que pretende atravessar as barreiras dos videogames e fornecer grandes surpresas para pessoas do mundo inteiro, enquanto continua fazendo o trabalho de conectar pessoas, expandir o que é “jogar” e trazer um mundo ainda mais rico para a franquia. Ele agradece o apoio no novo trabalho.

Junichi Masuda é um dos fundadores da Game Freak e trabalhou em inúmeros jogos da série, começando como programador e compositor de Pokémon Red & Blue. Em Pokémon Ruby & Sapphire, ele assumiu o cargo de diretor, trabalho que fez também para vários outros jogos posteriores. Em outros projetos de Pokémon, Masuda também sempre foi creditado como produtor, compositor, conselheiro ou supervisor, sendo difícil encontrar algum título da franquia que ele não tenha tocado.

Em novembro deste ano, os jogos Pokémon Scarlet & Violet serão lançados para Switch na linha principal de títulos da franquia, estreando a nona geração de monstrinhos de bolso. Houve uma grande campanha para os jogos serem localizados para o português-brasileiro, porém a Nintendo já se manifestou e comentou que não irá fazê-la, ao menos por enquanto.

 


Fonte: Eurogamer


Os primeiros jogos de Pokémon foram Red e Green (no Japão), lançados em 1996 para Game Boy. O lançamento internacional, no entanto, foi das versões Red e Blue, em 1998, levemente modificadas (posteriormente seria lançada a versão Yellow).

A franquia faz, desde então, enorme sucesso mundial, tendo também animês, mangás, diversos tipos de produtos licenciados além, de claro, vários outros games. Cada vez que um jogo com novos Pokémons é lançado, considera-se ser uma “nova geração”. Atualmente, estamos na oitava geração da série.

Em toda estreia de jogo da série principal, uma animação para TV é produzida se passando no novo continente. Mas, com as facilidades das redes sociais, a Pokémon Company vem diversificando o conteúdo por outros meios, oferecendo uma série de opções pelo YouTube.

A série animada principal conta a história de Ash Ketchum (Satoshi, no original em japonês), um aspirante a treinador de Pokémon. Ao lado de Pikachu, seu primeiro Pokémon, Ash inicia a jornada para se tornar um mestre, desbravando regiões, conhecendo novos amigos e enfrentando os planos malignos da Equipe Rocket – uma corporação que sequestra Pokémon poderosos, mas que frequentemente é representada por um trio de vilões atrapalhados.

Na virada de 1999 para o ano 2000 foi febre ao ser exibido no Brasil pela TV Record e Cartoon Network, rendendo álbuns de figurinhas, roupas, CDs, tazos, brinquedos diversos, revistas oficiais e uma infinidade de produtos relacionados. Posteriormente, também teve temporadas exibidas na Rede Globo e RedeTV!, além de ter algumas fases disponíveis na Netflix e Prime Video

Publicidade
close