Ghost in the Shell: Netflix anuncia produção de um novo anime

Produção conta com diretor de “Stand Alone Complex”.

A Netflix não larga a mão de querer mexer com todos os hits japoneses das décadas passadas. Depois de anunciar a exibição de Evangelion e do live-action de Cowboy Bebop, agora é a vez de uma nova produção animada de Ghost in the Shell, trazendo nomes importantes da indústria japonesa.

Chamada de Ghost in the Shell: SAC_2045, a animação será dirigida por Shinji Aramaki (de Appleseed e da vindoura animação ULTRAMAN) e Kenji Kamiyama (que trabalhou em Ghost in the Shell: Stand Alone Complex). A animação é do Production I.G (anime original) junto ao SOLA DIGITAL ARTS (ULTRAMAN) e será completamente em 3DCG. A estreia vai demorar: só em 2020.

Imagem de divulgação mostra a personagem Makoto Kusanagi

Atualmente, a Netflix brasileira traz em seu catálogo o longa animado original, com opção de áudio em japonês e dublagem em português.

[Via @NXOnNetflix e NetflixJP]

Este post foi atualizado às 23h02 com a informação dos estúdios e da animação em 3D.


Sobre Ghost in the Shell

A atmosfera distópica de The Ghost in the Shell se passa no ano de 2029, em um mundo que passou por um grande evolução tecnológica. Mas ao mesmo tempo que a humanidade prosperou artificialmente, ela ruiu como sociedade e potencializou suas desigualdades. Um fruto da nova tecnologia é a ciborgue Major Makoto Kusanagi, que acompanhamos em sua missão de resolver crimes cibernéticos e refletir sobre sua real condição de ser vivo.

O mangá original, criado por Masamune Shirow, foi publicado pela primeira vez em 1989, ganhando uma histórica animação para cinema em 1995, atualmente disponível pela Netflix. Desde então, outras continuações em mangá e também em anime foram lançadas, e até um longa-metragem live-action estrelado por Scarlett Johansson chegou aos cinemas no ano passado.


Ghost in the Shell na Amazon:
Comprando a partir desses links você pode ajudar na manutenção deste site.

Publicidade
close