Akira: Em entrevista, Taika Waititi não garante a direção do live-action

Projeto foi adiado devido aos compromissos do diretor com o novo filme do Thor.

A novela do live-action de Akira continua. O longa que se arrasta por anos sob as mãos da Warner Bros. chegou a ter previsão de início de produção para o último trimestre do ano passado, mas acabou emperrando na agenda de seu diretor, Taika Waititi (de Thor Ragnarok e do recentemente premiado no Oscar Jojo Rabbit).

Durante uma entrevista à Variety, Taika foi abordado sobre o que teria acontecido com esse filme. O diretor confirmou o episódio envolvendo os compromissos com o novo filme do Thor, e com seu jeitão característico não deu muita certeza sobre a permanência no projeto.

Tudo ficou parado. Tivemos que empurrar as datas, e elas conflitaram com as datas do ‘Thor’, que não podiam ser mexidas. Então ‘Akira’ acabou sendo adiado em dois anos. [O entrevistador pergunta: ‘Pós-Thor?’] Pós-Thor. Então, eu não tenho certeza se estarei [no projeto] em dois anos, eu não sei nem onde estarei daqui dois dias. Acho que eventualmente [o filme] vai acontecer, só não tenho certeza que eu farei” – respondeu.

A notícia de que as gravações de Akira seriam adiadas surgiram à tona em julho do ano passado e teriam pegado de surpresa a própria Warner. À época, o estúdio estaria dando tempo suficiente para que Taika encontrasse o elenco certo para os papéis principais, ao mesmo tempo que o diretor estaria se encontrando com jovens atores japoneses. A Variety também afirmava que desentendimentos criativos podem ter ocorrido entre as duas partes.

Já o The Hollywood Reporter afirmou na época que, apesar dos próximos passos não serem claros, a Warner Bros. ainda estaria empenhada em manter Waititi na direção, aguardando portanto, o término das filmagens de Thor: Amor e Trovão. As preocupações quanto ao roteiro também teriam levado ao atraso no início das filmagens de Akira.

[Via Variety]


Criado em 1982 por Katsuhiro Otomo, AKIRA surgiu como mangá nas páginas da revista Young Magazine, sendo finalizado em 1990. Em 1988, em meio à produção das histórias em quadrinhos, o longa-metragem animado foi lançado nos cinemas japoneses, impactando para sempre a indústria e impressionando por sua qualidade técnica.

A história apresenta uma Tóquio pós-apocalíptica, consequência de 30 anos que se sucederam de uma III Guerra Mundial. Nesse cenário cyberpunk as gangues de adolescentes são muito comuns e uma delas é composta pelos amigos Kaneda e Tetsuo. Em uma noite de farra comum, Tetsuo sofre um acidente ao se assustar com uma criança de feições envelhecidas. É o ponto onde tudo muda na vida do rapaz, que desperta poderes psíquicos e se torna cobaia de estudos do governo. Como primeira reação, Kaneda tentará resgatar a qualquer custo o seu amigo, mas a barreiras e mistérios envolvidos são bem maiores do que se imagina.

AKIRA foi lançado em cinemas do Brasil pela Sato Company no começo dos anos 1990, aliado ao lançamento do mangá em edição americana (com páginas espelhadas e colorizadas) pela Editora Globo. Atualmente, a Editora JBC publica a obra em formato original, com o 6º e último volume lançado neste mês de dezembro, durante a CCXP.

O filme animado também pode ser visto via streaming pela Netflix, Amazon Prime Video Telecine Play e alugado digitalmente pelo NOW e YouTube Filmes. Em DVD e Blu-ray, foi lançado por aqui pela Focus Filmes. Um novo animê foi anunciado e a versão em 4k do filme deve chegar ao Brasil pela Sato.

Publicidade
close