One Piece: Por motivos diferentes, mangá e animê terão curtas pausas

Eiichiro Oda, o mangaká da série, estava doente e já se recuperou. TV Fuji vai trocar dois episódios de One Piece por maratonas.

Uma das contas oficiais de One Piece no Twitter divulgou hoje que, devido a uma “doença repentina” contraída pelo autor da série, Eiichiro Oda, o mangá ficará em hiato por uma semana. Por isso, o capítulo que sairia no dia 2 de março só será publicado na semana seguinte. Ainda segundo a nota, Oda já se recuperou.

O animê também ficará em hiato, mas por duas semanas. No cronograma da TV Fuji não consta a exibição da série no dia 1º. A programação da outra semana ainda não está disponível, mas o episódio 923 informa que o próximo só será exibido no dia 15, segundo matéria da Crunchyroll. A série será substituída pela transmissão de dois eventos esportivos (Maratona de Tóquio e Maratona Feminina de Nagoya).

Recentemente, o mangá Haikyu!!, de Haruichi Furudate, também ficou em hiato por uma semana por motivos de saúde de Furudate. Pelo curto período, ambos casos não devem estar relacionados ao recente surto do novo coronavírus no Japão.

Fonte: One Piece via Anime News Network, TV Fuji e Crunchyroll


One Piece é uma obra de autoria de Eiichiro Oda. O mangá original começou a ser publicado na revista Shonen Jump em julho de 1997 e tornou-se um fenômeno mundial. Na história, acompanhamos as aventuras do pirata Monkey D. Luffy e de sua tripulação, os Chapéus de Palha, que navegam o mundo à procura do “One Piece”, o tesouro perdido do antigo Rei dos Piratas, Gol D. Roger, enquanto enfrentam diversos piratas e o Governo Mundial.

No Brasil, o mangá foi publicado pela primeira vez no formato “meio-tanko” pela Editora Conrad, que interrompeu a publicação na 70° edição (correspondente à 2ª parte do volume 35 no original japonês). Em 2012, a série foi relançada pela Editora Panini, seguindo o formato original japonês, e conta atualmente com 92 volumes encadernados lançados (no Japão são 95 atualmente). A versão em animê é produzida pelo estúdio Toei Animation (Dragon Ball Z) e exibida oficialmente via streaming pela Crunchyroll, com legendas em português.

Com nova dublagem, o animê deve estrear em breve na Netflix.

Publicidade
close