Sailor Moon: Apenas no Japão! Série original será transmitida pelo YouTube (atualizado)

Episódios serão postados gratuitamente como preparativo para a estreia do novo filme.

Atualização (19h53): Ao contrário do que foi divulgado pelo site oficial, os episódios de Sailor Moon estrearam no YouTube sem nenhuma trava de região. Porém, não há certeza de que um bloqueio não possa vir em breve. Abaixo segue o texto original da notícia.


A Toei decidiu aproveitar a quarentena para preparar terreno para a estreia do próximo filme da franquia Sailor Moon. Com isso, a partir do dia 24 de abril, o canal oficial do YouTube da marca exibirá os episódios da série original dos anos 1990. Só tem um probleminha para os fãs de fora: a exibição é restrita ao território japonês.

A programação será atualizada a cada semana com a adição de blocos de 10 episódios. Está prevista a exibição de 127 capítulos, correspondentes às 3 primeiras temporadas (Sailor Moon, Sailor Moon R e Sailor Moon S). Os últimos episódios da fase ‘S’ chegam na semana do dia 17 de julho.

Se a onda de adiamentos dos cinemas por conta da pandemia não afetar a programação, o 1º dos dois filmes de Sailor Moon Eternal segue com data marcada para estrear no circuito japonês no dia 11 de setembro deste ano. A história vai adaptar o arco Dead Moon do mangá original (que no passado fez parte da temporada SuperS do primeiro animê, por isso o YouTube só exibirá as fases anteriores), funcionando como uma espécie de “4ª temporada” de Sailor Moon Crystal. A última temporada do remake animado das marinheiras foi exibida em 2016.

Lembrando também que a JBC anunciou no ano passado o lançamento brasileiro de uma edição de colecionador do mangá original, também chamada de Eternal. Segundo atualizações feitas pela editora antes do país iniciar as medidas de isolamento social, o trabalho segue em ritmo lento de aprovação com os japoneses, similar ao que aconteceu com a série Akira.


Fonte: Site oficial de Sailor Moon


Sailor Moon foi criado como um mangá por Naoko Takeuchi no final de 1991, nas páginas da revista japonesa Nakayoshi, sendo finalizado em 1997 (originalmente com 18 volumes). Em 1992, virou uma série animada pela Toei Animation, encerrada em 1997.

Na história, Serena Tsukino (Usagi Tsukino) é uma estudante de 14 anos, chorona e que não vai muito bem na escola. Um dia ela se encontra com uma gata falante e recebe poderes para se transformar em Sailor Moon, uma heroína que luta pela justiça. Outras Sailors, com poderes inspirados nos planetas do sistema solar, juntam-se com o tempo, formando uma equipe de guerreiras.

A série estreou no Brasil em 1996, pela extinta Rede Manchete. Retornou à TV em 2000, pelo Cartoon Network, a partir da temporada Sailor Moon R. Todas as fases seguintes, nomeadas como SSuper S e Stars, foram exibidas pela emissora paga. Sailor Moon R também teve uma rápida passagem pela TV Record, sendo exibido dentro do infantil Eliana & Alegria. Alguns episódios das fases R e S foram lançados em DVD, enquanto a primeira temporada teve alguns episódios lançados em VHS.

Após mais de 10 anos de negociação, a Editora JBC publicou o mangá original por aqui a partir de 2014. Foi usada como base uma reedição fechada em 12 volumes. A empresa também lançou os 2 volumes de Sailor Moon: Short Stories e de Sailor V, história que deu origem a Sailor Moon.

Em 2014, a Toei Animation produziu Sailor Moon Crystal, um remake animado mais próximo à história do mangá. A série foi exibida por aqui via Crunchyroll, com legendas em português.

Uma produção para os cinemas em duas partes, Sailor Moon Eternalestá marcada para estrear nos cinemas japoneses em 2020.

Publicidade
close