Imagem: Cloud Strife no remake de 'FFVII'.

Square Enix nega suposto interesse em venda da empresa

Square Enix alega não ter interesse em venda da empresa ou partes dela, o contrário de uma informação divulgada pela Bloomberg recentemente.

Ontem (16), a Bloomberg soltou uma matéria alegando interesse de “diversas partes” em comprar a Square Enix. A fonte seriam duas pessoas ligadas a bancos e envolvidas no caso. No mesmo dia então, a desenvolvedora de jogos soltou um comunicado oficial negando interesse na venda da empresa.

Em tradução livre:

“A Bloomberg informou hoje sobre o interesse de diversos compradores em comprar a Square Enix. Contudo, essa informação não é feita com base em qualquer anúncio da Square Enix Holdings Co., LTD. Nós não pensamos em vender a empresa ou qualquer parte dela, nem recebemos qualquer oferta de terceiros para tal.”

A Square Enix existe desde 2003, após a fusão das empresas Square (ou Squaresoft) e Enix, ficando então dona das propriedades de ambas, como Final Fantasy e Dragon Quest. Com um longo histórico de altos e baixos, a empresa viu sua receita aumentar em 12,4% no ano passado, mesmo com queda nas vendas nos meses finais de 2020 e performance abaixo do esperado para alguns games, como Avengers.


Fonte: Otaku USA Magazine

Publicidade
close