Imagem: Haru com Shamisen.

Mangá nacional ‘Shamisen’ entra em pré-venda pela Pipoca & Nanquim

‘Shamisen: Canções do Mundo Flutuante’, de Guilherme Petreca e Tiago Minamisawa, está em pré-venda na Amazon por R$ 64,90.

Imagem: Capa de 'Shamisen'.
Divulgação: Pipoca & Nanquim.

A Pipoca & Nanquim abriu pré-venda para o seu primeiro mangá feito por autores brasileiros. Estamos falando de Shamisen: Canções do Mundo Flutuante, de Guilherme Petreca e Tiago Minamisawa, já disponível na Amazon.

Construído em capa dura e papel pólen bold, a edição possui 164 páginas inteiramente coloridas e tem preço de capa de R$ 64,90. Adquirindo o título na pré-venda, este valor cai para R$ 45,40 com os 30% de desconto oferecidos pela editora (compre aqui).

Há também uma versão com bookplate autografado pelos autores, custando o mesmo valor (confira), mas que ficou indisponível enquanto era feita a redação deste texto. Segundo a editora, a edição especial teria 1000 exemplares. Não se sabe, entretanto, se todas essas cópias foram vendidas no intervalo de 30 minutos desde a abertura da pré-venda ou se haverá novas remessas.

A obra narra a história de Haru, uma musicista cega que ganha a vida através do shamisen, um instrumento de cordas tradicional da cultura japonesa. Inspirada na artista Haru Kobayashi (1900-2005), a protagonista é uma representação das chamadas gozes, mulheres cegas que faziam da performance musical o seu ganha-pão.

Imagem: Personagens de 'Shamisen'.

Os autores

Influenciada pelo estilo ukiyo-e — sobretudo pelas criações de Katsushika Hokusai –, a arte de Guilherme Petreca se encontra com o roteiro do diretor de cinema Tiago Minamisawa, produtor do premiado curta animado Sangro.

Com Sangro, Minamisawa foi vencedor do Silver Hugo de Melhor Filme de Animação no Festival de Chicago 2019 e o filme ainda foi eleito Melhor Curta-metragem Brasileiro e Melhor Documentário no Anima Mundi 2019. Ganhador do Prêmio Itamaraty de Melhor Curta-metragem no Festival Kinoforum 2019 e da categoria Melhor Curta-metragem Brasileiro no Festival Animage 2019, a produção feita em parceria com Bruno H Castro e Guto BR foi selecionada por mais de 70 festivais internacionais, como o Festival de Animação de Annecy, realizado na França.

Guilherme Petreca é conhecido pelas suas criações em quadrinhos: é autor de Ogiva, original da Pipoca & Nanquim feita em parceria com o editor Bruno Zago. No universo dos mangás, Petreca se destacou ao levar a medalha de prata no 13º Japan International Manga Award em 2019, com Ye, publicado pela editora Veneta em 2016 (que lhe rendeu um Troféu HQMix de Melhor Desenhista Nacional, no ano seguinte).

É autor de Galho Seco, lançado de forma independente, em 2013, como seu trabalho de estreia. Pela Balão Editorial, lançou Carnaval de Meus Demônios, finalista no Prêmio Jabuti na categoria Ilustração, em 2015, e retorna agora a Pipoca & Nanquim com sua quinta obra, Shamisen.


Fonte: Pipoca & Nanquim.

Publicidade
close