Imagem: O Black Kamen Rider e pôster promocional de 'Street Fighter II V'.

‘Black Kamen Rider’ e ‘Street Fighter II V’ ganham maratona na Pluto TV

Maratonas acontecem neste fim de semana!

A Pluto TV anunciou hoje (23) maratonas do animê Street Fighter II V e do tokusatsu Black Kamen Rider. Confira os dias e horários, lembrando que estão sujeitos a mudança sem aviso prévio:

  • 26/06 – Street Fighter II V, a partir de 10h00 no canal Pluto TV Anime
  • 26 e 27/06 – Black Kamen Rider, a partir de 10h30 no canal Tokusato

Pluto TV é um serviço de streaming gratuito, que exibe sua programação on demand e também em canais tematizados, como os vistos na televisão. Um deles é o Pluto TV Anime, dedicado a transmitir as animações japonesas 24 horas por dia. O outro é o Tokusato, que segue o mesmo modelo, porém apresentando séries tokusatsu licenciadas pela Sato Company, porém legendadas.


Fonte: Pluto TV


Sobre Street Fighter II V

Imagem: Pôster promocional de 'Street Fighter II V'.

A franquia Street Fighter teve início como um game da Capcom lançados em 1987 para os arcades japoneses, mas foi em em 1991, com Street Fighter II, que o nome entrou de vez para a história dos games como o jogo de luta mais famoso de todos os tempo. De lá pra cá, muitas continuações e altos e baixos marcam a franquia.

Como todo game de sucesso, Street Fighter ganhou adaptações para outras mídias, sendo a mais famosa no Brasil o animê Street Fighter II Victory – que foi ao ar no SBT nos anos 1990, e depois pelo Cartoon Network no começo dos anos 2000. A série se tornou cult entre os fãs de animação japonesa por aqui, também graças a sua dublagem e adaptação – realizada por Nelson Machado, que praticamente salvou o trabalho!

Street Fighter II Victory adapta livremente a história da juventude dos personagens e é embalada com uma ótima trilha sonora, podendo ser assistido atualmente na Netflix, Vix, Pluto TV ou na Amazon Prime Vídeo. Também temos um guia completo dos episódios da série.

No Prime Video também é possível encontrar o filme Street Fighter Alpha (de 2001) e o OVA Street Fighter Alpha: Generations (2005) que apesar dos nomes, não possuem ligação entre si nas tramas. Infelizmente, ambos estão com uma dublagem desprezível em nosso idioma (feita lá fora).

Um longa metragem mais fiel ao game, Street Fighter II – O Filme (1994), chegou a ser lançado nos cinemas brasileiros com uma dublagem tenebrosa e censuras. Posteriormente, foi redublado (com o elenco do animê do SBT) para o lançamento em VHS pela Columbia Tristar Home Vìdeo e chegou a ser exibido pela Record no começo dos anos 2000.

Deixando de lado bombas como o filme dos Street Fighter: A Batalha Final (aquele e com o Van Damme) e Street Fighter: A Lenda de Chun Li, em 2014 foi lançada uma honrosa versão live-action dos personagens chamada Street Fighter: Assassin’s Fist, disponível em 13 episódios, via YouTube. Uma versão compilada sob formato de filme dessa série, está disponível no Prime Vídeo com legendas em nosso idioma.


Sobre Kamen Rider Black

Imagem: Kamen Rider Black lutando contra um dinossauro.

Kamen Rider Black foi exibido pelas emissoras japonesas TBS e MBS, de 4 de outubro de 1987 a 9 de outubro de 1988, totalizando 51 episódios (e mais dois para o cinema). Sendo a oitava série da franquia dos motoqueiros mascarados, a proposta inicial era ser um “marco zero”. Ou seja, um novo começo e sem relação com seus antecessores (mas essa ideia logo foi descartada). A trama envolve os irmãos adotivos Issamu Minami (Kotaro Minami) e Nobuhiko Akizuki, que nasceram durante um eclipse solar e foram destinados a disputarem pelo título de Imperador Secular do satânico Império Gorgom. No dia em que completaram 19 anos, Issamu e Nobuhiko foram submetidos a uma metamorfose para se tornarem Black Sun e Shadow Moon, respectivamente. Apenas Issamu consegui escapar, mas adquiriu superpoderes. Como Kamen Rider Black, o jovem enfrenta os monstros da semana enviados pelos sacerdotes de Gorgom. O nascimento de Shadow Moon marca o início da fase final da série, marcada pela morte e ressurreição do “homem mutante”.

Em 1995, a Manchete exibiu a sua continuação, Kamen Rider Black RX (de 1988). Issamu Minami ganha novos poderes e passa a enfrentar os invasores espaciais do Imperio Crisis. Durante a trama, RX ganha duas formas: Robo Rider e Bio Rider. Black RX foi adaptado nos EUA para o bizarro Saban’s Masked Rider, que foi exibido no Brasil pelo extinto canal pago Fox Kids, ao mesmo tempo que a versão original era exibida na TV aberta. Atualmente os direitos de Black RX estão expirados desde quando a Disney era a detentora de Power RangersVR Troopers e Beetleborgs na década de 2000.

Publicidade
close