Imagem: Kamen Rider Shinobi.

Kamen Rider: Sato Company anuncia mais séries inéditas da franquia em vídeo de Ano Novo

Distribuidora anunciou mais 9 séries inéditas no Brasil, que deverão estrear a partir deste ano.

A Sato Company divulgou neste sábado (1º) seu vídeo de Ano Novo com cenas das séries Kamen Rider. São citadas as séries Kamen Rider Black (1987), Kamen Rider Black RX (1988), Kamen Rider Kuuga (2000), Kamen Rider Agito (2001), Kamen Rider Ryuki (2002), Kamen Rider 555 (Faiz, 2003), Kamen Rider Blade (2004), Kamen Rider Hibiki (2005), Kamen Rider Kabuto (2006), Kamen Rider Den-O (2007), Kamen Rider Build (2017), Kamen Rider Zi-O (2018), Kamen Rider Zero-One (2019) e o filme Kamen Rider Zero-One: Real×Time (2020). Veja:

Numa live transmitida em 10 de maio de 2020, Nelson Sato, presidente da distribuidora, havia comentado sobre a possibilidade de adquirir duas séries Kamen Rider. A distribuidora lançou naquele mesmo ano as séries Kamen Rider Black e Kamen Rider Zi-O.

Em novembro de 2021, a Sato Company anunciou a aquisição de mais séries da franquia Kamen Rider a partir de 2022. O filme Kamen Rider Zero-One: REAL x TIME, que dá sequência à série Kamen Rider Zero-One, foi antecipado por “ter sido selecionado pela curadoria do Festival (Mostra de Cinema Japonês 2021e para divulgar a cultura Japonesa“.

Em tempo, Kamen Rider Black RX apareceu no site oficial da distribuidora. Ainda no final de novembro de 2021, Kamen Rider Kuuga foi anunciado durante uma live do canal Resistência Tokusatsu.

O vídeo de Ano Novo anunciou mais 9 séries inéditas, incluindo Kamen Rider Ryuki que chegou a ser adaptado no Ocidente como Kamen Rider: O Cavaleiro Dragão (2009). Por ora, ainda não há informações sobre data de lançamento (apenas Kuuga está previsto para 2022), tampouco a plataforma de exibição, mas a princípio as séries deverão estar em suas respectivas versões legendadas.

NOTA: O personagem da capa é o ninja Kamen Rider Shinobi, um dos três Riders do futuro que aparecem em Kamen Rider Zi-O. Na trama, Shinobi entra em ação justamente no dia 1º de janeiro de 2022 – mais conhecido como hoje.


Fonte: Sato Company