Imagem: Dante soltando sua Beyblade.

‘Beyblade Burst Rise’ estreia na Band SP em horário diferente e fora de ordem (AT)

Alguns hábitos nunca mudam.

Na grade oficial da Band SP, Beyblade Burst Rise estava programado para estrear às 11h45, mas a série estava em exibição pelo menos desde às 9h20 – perto da hora programada em outras localidades, como Tocantins e Mato Grosso.

Na programação da Band, quando acessada da TV, não consta com o título para ser exibido às 11h45 (mas o Rise também não constava às 9h45) para São Paulo.

Além disso, segundo apurado, a animação entrou provavelmente fora de ordem. Foram exibidos os episódios 9 a 12 (da exibição de 52 episódios), equivalentes aos 5º e 6º da versão Netflix, e não do episódio 1 em diante (a menos que tenham passado horas exibindo a animação desde o primeiro antes das 9h20). A Netflix possui a série na versão de 26 episódios (juntando 2 a cada episódio).

Não pudemos averiguar se a transmissão em outras regiões entrou no ar no horário previsto e/ou exibiu o mesmo episódio. O Burst Turbo também teve exibição fora da ordem cronológica da série.

No domingo, a animação está programada para às 6h30 em São Paulo/Campinas e não há nada entre ela e Entretenimento, às 7h30, mas poderia ser exibido algum programa não anunciado ou infomerciais nessa janela de uma hora.

No Mato Grosso e no Tocantins, a série terá exibição aos domingos às 7h30 e 8h30, respectivamente – são transmissões simultâneas (lembrando que o Tocantins está no fuso de Brasília e o Mato Grosso fica um fuso para trás) – também com aparentemente uma hora.

As mesmas localidades exibem Dragon Ball Super no bloco, então essa programação também pode ser a da Band SAT (antena parabólica), que também exibe o animê, segundo relatado. Não é de hoje que a grade do Band Kids fica restrita a algumas regiões.

Rise foi exibido no Japão entre 2019 e 2020 e traz o protagonista Dante, treinado pelo agora lendário Valt Aoi, protagonista da primeira temporada de Turbo – são 52 episódios de 10-15 minutos, mas o pacote internacional geralmente aglutina dois episódios em um só, ficando com 26 episódios de 20-30 minutos. Essa é a estreia da temporada na TV brasileira, mas a Netflix já possui o título desde outubro de 2021.

 

ATUALIZAÇÃO:

O animê realmente não foi exibido às 11h45.

Segundo alegado nos comentários, a série entrou às 7h, com os episódios 5, 6, 7 e 8 (não sabemos de qual versão), realmente pulando os primeiros.

Atualizado pela última vez em 8 de janeiro, às 13h30.

Fonte: Band


Personagens da 1ª temporada de Beyblade Burst.

Beyblade Burst começou como um mangá em 2015, publicado pela revista japonesa CoroCoro Comic, sendo escrito por Hiro Morita. A adaptação animada, com 51 episódios na 1ª temporada, veio em 2016 pelo estúdio OLM (Pokémon), com direção de Katsuhito Akiyama (Super Onze).

Em 2017 veio a sequência, com Beyblade Burst Evolution (mais 51 episódios) e em 2018 estreou no Japão o Beyblade Burst Turbo (mais 51 episódios). Atualmente, a TV japonesa exibe a quarta temporada, Beyblade Burst GT.

A trama original é centrada no garoto Valt Aoi, um amante de Beyblade, esporte que consiste na disputa entre dois piões tecnológicos que podem ser incrementados com peças variantes. Ao ser derrotado pelo colega de escola Rantaro, Valt decide melhorar suas habilidades e conhecimentos no fundamento do Beyblade.

Ele se vê impulsionado também pela aproximação dos campeonatos distritais e o sucesso de Shu, reconhecido como um dos melhores “bladers”. Valt inicia então sua saga para evoluir e buscar o topo dos jogadores de Beyblade.

Beyblade Burst estreou no Brasil pelo Cartoon Network em junho de 2017, com dublagem realizada no estúdio Dubbing Company, de Campinas. Em maio de 2018, o canal passou a exibir a sequência, chamada de Beyblade Burst Evolution.

A 1ª fase foi exibida e reprisada em TV aberta pela Band, dentro do bloco Verão Animado (renomeado posteriormente para Mundo Animado). ‘Evolution‘ também teve parte dos episódios exibidos pela Band no último mês de maio. Os 51 primeiros episódios também estão disponíveis na Netflix. Parte dos episódios de ‘Evolution‘ está disponível em um canal oficial do YouTube.

Por fim, Burst Turbo (Burst Super Z, no Japão) é uma produção de 2018 e apresenta Aiger Akabane, um garoto que cresceu em uma fazenda nas montanhas e que encontra um Valt Aoi perdido, que coincidentemente buscava pelo famoso Taiga Akabane – pai do Aiger – para evoluir sua Beyblade de estimação, Valtryek.

Depois desse encontro, Aiger quer se tornar um blader e mesmo contra a vontade do pai, forja sua própria Beyblade – que é possuída por um “espírito guerreiro” chamado Aquiles. Após ser derrotado por Valt, o garoto decide que irá ficar mais forte para encará-lo novamente um dia, iniciando assim sua jornada.

Em 2019, foi ao ar no Japão Beyblade Burst Rise e durante 2020, Burst Surge. Em 2021, estreou Burst QuadDrive, ainda em exibição.