Imagem: O Kamen Rider Black.

Kamen Rider Black: Mangá já está em pré-venda

A verdadeira origem do Homem Mutante será publicada em breve no Brasil pela Editora NewPOP.

A Editora NewPOP anunciou nesta sexta (14) a pré-venda dos dois primeiros volumes do mangá Kamen Rider Black. A versão brasileira será publicada em três edições pelo selo Xogum, e o preço é de R$ 54,90 cada – mas estão com desconto, saindo por R$43,90. Ambos estão previstos para 28 de fevereiro.

Kamen Rider Black foi publicado originalmente pela Shonen Sunday entre 1987 e 1988, com um total de 21 capítulos, e teve uma versão encadernada em 6 volumes. A trama é focada em Kotaro Minami e se passa em um mundo num cenário apocalíptico.

A série de TV, que fez sucesso no Brasil pela extinta Rede Manchete, foi uma adaptação desse mangá e teve um rumo próprio, após alterações na pré-produção e também durante a exibição nas manhãs de domingo da emissora japonesa TBS.

Atualmente, a série tokusatsu está disponível nas plataformas gratuitas de streaming Pluto TV e VIX. Kamen Rider Black RX, sua continuação direta, foi adicionada recentemente no catálogo do Prime Video. E ainda neste semestre, a Toei vai lançar Kamen Rider Black Sun, o reboot da série clássica.

Leia aqui a resenha sobre o primeiro volume do mangá original de Kamen Rider (1971).

Compre os volumes 1 e 2 aqui e aqui.


Fonte: NewPOP


O JBox participa de parcerias comerciais com a Amazon, podendo ganhar um valor em cima das compras realizadas a partir dos links do site. Contudo, o JBox não tem responsabilidade sobre possíveis erros presentes em recursos integrados ao site mas produzidos por terceiros.


Kamen Rider Black

Foto: Divulgação/Toei

Kamen Rider Black foi exibido pelas emissoras japonesas TBS e MBS, de 4 de outubro de 1987 a 9 de outubro de 1988, totalizando 51 episódios (e mais dois para o cinema). Sendo a oitava série da franquia dos motoqueiros mascarados, a proposta inicial era ser um “marco zero”. Ou seja, um novo começo e sem relação com seus antecessores (mas essa ideia logo foi descartada).

A trama envolve os irmãos adotivos Issamu Minami (Kotaro Minami) e Nobuhiko Akizuki, que nasceram durante um eclipse solar e foram destinados a disputarem pelo título de Imperador Secular do satânico Império Gorgom. No dia em que completaram 19 anos, Issamu e Nobuhiko foram submetidos a uma metamorfose para se tornarem Black Sun e Shadow Moon, respectivamente. Apenas Issamu consegui escapar, mas adquiriu superpoderes. Como Kamen Rider Black, o jovem enfrenta os monstros da semana enviados pelos sacerdotes de Gorgom. O nascimento de Shadow Moon marca o início da fase final da série, marcada pela morte e ressurreição do “homem mutante”.

Em 1995, a Manchete exibiu a sua continuação, Kamen Rider Black RX (de 1988). Issamu Minami ganha novos poderes e passa a enfrentar os invasores espaciais do Imperio Crisis. Durante a trama, RX ganha duas formas: Robo Rider e Bio Rider. Black RX foi adaptado nos EUA para o bizarro Saban’s Masked Rider, que foi exibido no Brasil pelo extinto canal pago Fox Kids, ao mesmo tempo que a versão original era exibida na TV aberta. Atualmente os direitos de Black RX estão expirados desde quando a Disney era a detentora de Power RangersVR Troopers e Beetleborgs na década de 2000.

Publicidade
close