Imagem: Dark Schneider de perfil em cena de BASTARD.

‘BASTARD!!’ estreia na Netflix com legendas e dublagem em português

Os 13 primeiros episódios da primeira parte anime já estão disponíveis no serviço de streaming. A série deve ganhar uma continuação ainda em 2022.

Estreou hoje, dia 30 de junho, na Netflix a nova adaptação em anime de BASTARD!!. Os 13 episódios da primeira parte entraram no serviço de streaming com legendas e dublagem em português. Lembrando que o animê já tem uma continuação confirmada, com previsão ainda para este ano.

A dublagem foi realizada no estúdio TV Group Digital, com direção de Diego Lima, tradução por Marina Taki, edição por Ivonaldo Santana, mixagem por Andres Soria, e Gus Mansur na engenharia de som. Diego Lima também interpreta o protagonista, Dark Schneider.

Imagem: Tela de Bastard na Netflix.
Clique na imagem para assistir a série. | Reprodução: Netflix

A produção é do estúdio LIDEN FILMS, com direção de Tokoharu Ozaki (Goblin Slayer) e roteiro por Yousuke Kuroda (Gundam 00).

Bastard!! é um mangá de Kazushi Hagiwara publicado nas páginas da Shonen Jump de 1988 a 1989, quando passou a ter seriação irregular, indo para a Shonen Jump Special (1990-1996), voltando depois para a SJ (1997-2000) e por fim parando na Ultra Jump, onde está em hiato desde 2010 pois o autor quer redesenhar tudo.

São 27 volumes encadernados até o momento, com o último saindo em 2012. A editora JBC publicou todos eles no Brasil até o mesmo ano.

A trama começa quando o Reino Metallicana é atacado pelos Quatro Lordes do Caos, forçando o sumo sacerdote a pedir para sua filha acordar o Dark Schneider, um mago e antigo líder dos Riders, do corpo de Luche Renren, um jovem de 14 anos.

Como é perceptível, Hagiwara é fã de heavy metal e também do jogo de RPG de mesa Dungeons & Dragons, trazendo conceito desses dois universos.

A obra inspirou 6 episódios em OVA produzidos pelo estúdio AIC, com direção de Tetsuo Daitoku e Toru Miura. Os episódios, cada um com 30 minutos, foram lançados entre 1992 e 1993.


Fonte: Netflix

Publicidade
close