‘Fire Force’ e ‘Fruits Basket’: Sato Company pode levar as séries para a TV

Em entrevista, Nelson Sato abre brecha para uma possível negociação das séries para a televisão.

A boa relação firmada com a Band recentemente alçou novas ambições para Nelson Sato e sua Sato Company. Em entrevista concedida ao Nerdebate na noite do último sábado (4), o empresário comentou sobre a hipótese de levar animês inéditos à emissora, mais precisamente as séries Fire Force e Fruits Basket.

Quando perguntado se essas duas séries poderiam ser exibidas pela Band em um futuro próximo, Sato foi comedido, mas deixou as esperanças no ar: “estamos caminhando para isso” – comentou. Mais tarde, quando a dublagem em português desses títulos foi questionada, a resposta também foi curta: “pode acontecer“.

É bom deixar claro que nenhum contrato foi firmado por nenhuma parte. O sucesso das séries tokusatsu na Band acendeu uma boa relação, mas ainda é cedo para se desenhar um cenário próspero para produções japonesas na TV aberta.

Sato também foi questionado sobre a 2ª temporada de Fruits Basket, que estreia este mês no Japão. Segundo o empresário, a continuação ainda está em negociação. A Sato Company possui uma relação de preferência com a distribuidora americana Funimation, que detém os direitos de Fire Force e Fruits Basket no Ocidente, mas cada contrato é resolvido individualmente.

Vale lembrar que, no ano passado, a dublagem desses dois animês foi confirmada para o JBox por uma representante da Sato Company, no entanto, aparentemente foi um erro de comunicação interna. De toda forma, em uma possível exibição em TV aberta, certamente teria de haver uma versão brasileira – o que também foi concordado por Nelson Sato na mesma entrevista.

No momento, com legendas em português, as duas séries estão disponíveis pelo Amazon Prime Video.

Fonte: Nerdebate


Leia também: ‘My Hero Academia’, ‘Lupin III’ e ‘Akira 4K’: Sato Company atualiza informações sobre futuros lançamentos no cinema


Sobre Fire Force

Obra mais recente de Atsushi Ohkubo (autor de Soul Eater), Fire Force (Enen no Shouboutai) foi criado como mangá em 2015 nas páginas da revista Weekly Shonen Magazine. Até o momento, são 22 volumes encadernados, com 11 deles já publicados no Brasil pela Panini.

A história nos transporta a uma realidade onde diversas pessoas sofrem com um estranho fenômeno de combustão (elas explodem do nada!). Para tentar controlar essa situação, entra em cena a Fire Force, uma equipe de combate a incêndios, e o protagonista Shinra, com uma velocidade incrível.

A adaptação animada estreou no Japão em julho de 2019, com produção no estúdio David Production (Captain Tsubasa – 2018, JoJo’s Bizarre Adventure), com Yuki Yase (Mekaku City Actors, Kubikiri Cycle) na direção, Yamato Haishima no roteiro e Hideyuki Morioka no desenho de personagens.

Uma 2ª temporada está confirmada para este ano.


Sobre Fruits Basket

Fruits Basket adapta o mangá original de Natsuki Takaya, publicado no Japão entre 1998 e 2006, pela revista Hana to Yume. A história acompanha a órfã colegial Tohru Honda. Solitária e sem ter para onde ir após a morte de sua mãe, ela é acolhida pelos garotos da família Souma. Integrada ao novo ambiente, Tohru terá que ajudar a esconder um segredo absurdo dos rapazes: eles se transformam em animais do horóscopo chinês quando estão fracos ou são abraçados por alguém do sexo oposto.

A série recebeu uma adaptação animada de 26 episódios pelo Studio DEEN em 2001, sem cobrir toda a história. A primeira temporada da nova adaptação, agora pelo estúdio TMS (Saint Seiya: The Lost Canvas), passou no Japão de 6 de abril até 21 de setembro do ano passado. A JBC publicou a obra original no Brasil nos anos 2000 e hoje, a republica em formato de luxo (também disponibilizando uma edição digital).

Publicidade
close