Imagem: O Kamen Rider Kuuga.

Kamen Rider Kuuga: 1º episódio está disponível no canal da Toei no YouTube

A primeira série Kamen Rider da era Heisei chegou a ser licenciada no Brasil, mas jamais foi exibida por aqui de forma oficial.

Neste sábado (13), o canal Toei Tokusatsu World Offcial adicionou o primeiro episódio de Kamen Rider Kuuga, a primeira série da franquia na era Heisei. O material contém legendas em inglês – tradução automática para português nas configurações do YouTube.

Assista o episódio:

Episódio 1 – Revival (Fukkatsu)

Exibido no Japão em: 30 de janeiro de 2000

Kamen Rider Kuuga foi a segunda obra póstuma do mangaká Shotaro Ishinomori (1938~1998). Sendo Moero! Robocon a primeira, exibida pela TV Asahi entre 31 de janeiro de 1999 e 23 de janeiro de 2000 – substituindo as séries Metal Heroes na faixa dominical das 8h da manhã.

Devido o sucesso de série Moero! Robocon, que atingiu 10% de audiência, a Toei se motivou a formar um novo “boom” de Kamen Rider. Curiosamente, Kuuga seria contado como o 15º Rider, considerando naquele momento que Black e Black RX eram vistos como um só.

Imagem: o ator Joe Odagiri.
O talentoso Joe Odagiri no papel do sonolento Yusuke Godai | Divulgação/Toei

Yusuke Godai é um jovem de 25 anos que havia viajado pelo mundo. Sempre positivo e fazendo o sinal com o polegar para cima (usado pelos romanos para aprovações), carrega o desejo de completar a meta de 2000 habilidades e principalmente de proteger o sorriso das pessoas. Um dia ele consegue um estranho cinto originado de uma antiga civilização e se transforma em Kuuga para lutar contra a tribo Grongi. Seus aliados são o policial Kaoru Ichijou, sua grande amiga Sakurako Sawatari, além da própria polícia que classificou as criaturas como “entidades desconhecidas”.

A série teve 49 episódios e foi ao ar nas manhãs de domingo da TV Asahi, de 30 de janeiro de 2000 a 21 de janeiro de 2001.

Kamen Rider Kuuga quase foi exibido no Brasil em meados na década de 2000. Devido ao retorno d’Os Cavaleiros do Zodíaco na TV brasileira em 2003, a Imagine Action Dá Licença, antiga distribuidora do sr. Luiz Angelotti, apostou no título. As emissoras cogitadas, segundo informações publicadas na revista Anime Kids (de setembro de 2002), seriam a Globo e o extinto canal pago Fox Kids. Infelizmente as negociações não engrenaram e o título ficou eternamente preso na gaveta. O sr. Angelotti falou a respeito em entrevista para o canal JBox TV.

Curiosamente, Kuuga estreou nos EUA em 1º de maio de 2020 pela plataforma de streaming TokuSHOUTsu.

Ainda no canal Toei Tokusatsu, estão disponíveis os dois primeiros episódios das séries Kamen Rider (1971)Kamen Rider Amazon (1974)Kamen Rider Agito (2001)Kamen Rider Ryuki (2002), além do primeiro episódio de Kamen Rider V3 (1973), adicionado nesta sexta (12).

Em comemoração aos 50 anos da franquia de Ishinomori, os episódios selecionados das séries Kamen Rider estreiam no canal Toei Tokusatsu as sextas e sábados, a partir do meio-dia (horário de Brasília).


Fonte: Toei Tokusatsu World Official


Toei Tokusatsu

Imagem: Protagonistas de 'Sharivan', 'Solbrain' e 'Patrine' (ou 'Poitrine').

No ar desde 5 de abril de 2020, o canal Toei Tokusatsu World Official, que já conta com mais de 180 mil inscritos, segue atualizando sua programação – sempre com dois episódios semanais de cada série. Eventualmente, o canal lança episódios de outros títulos que estavam na “lista parcial”, aguardando a vez de entrarem na programação regular.

Cada um deles tiveram seus dois primeiros episódios lançados no dia da inauguração do canal e com legendas em inglês (você pode alterar para a tradução automática em português nas configurações do YouTube). Ou seja, as estreias semanais seguem a partir do episódio 3 em diante.

A atual programação inclui três clássicos exibidos no Brasil na década de 1990, além de séries do mangaká Shotaro Ishinomori. Confira as atrações (pelo horário de Brasília):

Domingos

  • 12h – The Kagestar (1976~77)

Segundas

  • 12h – Kikaider (1972~73)

Terças

  • 12h – Batten Robomaru (1982~83)

Quartas

  • 12h – Space Cop Sharivan (1983~84)

Quintas

  • 12h – Marin Gumi (1988)

Sextas

  • 12h – Solbrain (1991~92)
  • 21h – Patrine (Poitrine, 1990)
Publicidade
close