Imagem: Usagi/Serena transformada em 'Sailor Moon Eternal'.

‘Sailor Moon Eternal’ estreia dublado em junho na Netflix, com nova voz para Serena/Usagi (AT)

Com nova dubladora da Sailor Moon, filmes chega à Netflix em 3 de junho. Saiba também a voz da Chibiusa e a diretora da nova versão.

Como diversas pistas já deixavam indicado, os filmes de Sailor Moon Eternal chegarão ao Brasil com dublagem pela Netflix, com data de estreia marcada para 3 de junho. Confira o trailer postado, que traz diversas vozes da protagonista no longa, incluindo a brasileira:

A Sailor Moon está com uma voz nova, interpretada agora pela dubladora Ágatha Paulita (Retsuko em Aggretsuko), novidade confirmada pela própria em seu Instagram, sendo então a terceira dubladora da personagem. Os indícios apontam que a dublagem esteja no estúdio Vox Mundi. Não há ainda informações se a nova versão adota o nome Serena ou Usagi.

É curiosa a escolha da Netflix em colocar no catálogo um filme que dá continuidade a uma série ausente na plataforma – Sailor Moon Crystal, disponível na Crunchyroll. O animê original de Sailor Moon, produzido nos anos 1990, não está disponível oficialmente em lugar algum por aqui.

Contudo, se pensarmos no que ocorreu com outras animações da Toei, é possível que novidades estejam engatilhadas: a plataforma adicionou toda a série original de Cavaleiros do Zodíaco após anunciar o remake em CG e também começou a adicionar One Piece com nova dublagem um tempo após anunciar uma série live-action do bando do Chapéu de Palha.

ATUALIZAÇÃO:

Úrsula Bezerra postou em seu Instagram ser a Rini/Chibi-Usa nessa versão – o uso do termo pode ser um indício da escolha pelo nome Usagi. De todo modo, Úrsula já dublou a personagem na BKS. Na verdade, a maioria do elenco da BKS deve dar as caras na nova versão, segundo divulgado em matéria da Revista Quem.

Flora Paulita também divulgou ter dirigido a dublagem, mas não revelou se interpreta algum personagem. Fernanda Bullara em suas redes deixou indicada a possibilidade de participação, mas não confirmou se está no longa.

Por enquanto então, temos no elenco de Sailor Moon Eternal:

  • Ágatha Paulita como Sailor Moon;
  • Úrsula Bezerra como Sailor Chibi Moon.

A Netflix já criou uma página para os filmes no catálogo, aparentemente intitulados Pretty Guardian Sailor Moon Eternal: O Filme na plataforma.

Atualizado pela última vez em 28 de abril de 2021 às 22h36.

Fonte: Netflix


Imagem: As Sailor Moon na versão dos anos 1990.

Sailor Moon foi criado como um mangá por Naoko Takeuchi no final de 1991, nas páginas da revista japonesa Nakayoshi, sendo finalizado em 1997 (originalmente com 18 volumes). Em 1992, virou uma série animada pela Toei Animation, encerrada em 1997.

Na história, Serena Tsukino (Usagi Tsukino) é uma estudante de 14 anos, chorona e que não vai muito bem na escola. Um dia ela se encontra com uma gata falante e recebe poderes para se transformar em Sailor Moon, uma heroína que luta pela justiça. Outras Sailors, com poderes inspirados nos planetas do sistema solar, juntam-se com o tempo, formando uma equipe de guerreiras.

A série estreou no Brasil em 1996, pela extinta Rede Manchete. Retornou à TV em 2000, pelo Cartoon Network, a partir da temporada Sailor Moon R. Todas as fases seguintes, nomeadas como SSuper S e Stars, foram exibidas pela emissora paga. Sailor Moon R também teve uma rápida passagem pela TV Record, sendo exibido dentro do infantil Eliana & Alegria. Alguns episódios das fases R e S foram lançados em DVD, enquanto a primeira temporada teve alguns episódios lançados em VHS.

Após mais de 10 anos de negociação, a Editora JBC publicou o mangá original por aqui a partir de 2014. Foi usada como base uma reedição fechada em 12 volumes. A empresa também lançou os 2 volumes de Sailor Moon: Short Stories e de Sailor V, história que deu origem a Sailor Moon.

Em 2014, a Toei Animation produziu Sailor Moon Crystal, um remake animado mais próximo à história do mangá. A série foi exibida por aqui via Crunchyroll, com legendas em português.

Publicidade
close